Biografia de Anita Malfatti

Anita Malfatti foi uma das mulheres que mais contribuiu para nossa produção artística, sendo, inclusive, importante figura no processo de desenvolvimento do Movimento Modernista que culminou com a Semana de Arte Moderna.





Quem foi Anita Malfatti?

Anita Catarina Malfatti nasceu em São Paulo no dia 02 de dezembro de 1889 filha do engenheiro italiano Samuele Malfatti e da norte – americana Eleonora Elizabeth “Betty” Krug.

Quando Anita Malfatti nasceu o país estava apenas há 17 dias no sistema de República, haja vista, que a Monarquia havia caído e a família real exilada.

O pai de Anita Malftti chegou a ser eleito deputado estadual pelo estado de São Paulo.

Anita Malfatti

Foto: Reprodução

Problema de saúde física

Quando nasceu Anita Malfatti possuía uma limitação física – atrofia no braço e mão direita – embora a família tenha tentado reverter a situação, mas não consegue.

Durante toda a vida ficou com essa atrofia. Anita Malfatti dedicou-se a aprender pintura e desenho e não por menos se tornou uma das maiores pintoras que o Brasil já teve.

Vida de pintora

A pintora aprendeu as primeiras letras no Externato São José que era dirigido por freiras. Após ser alfabetizada Anita Malfatti esteve estudando em colégios protestantes e depois formou-se recendo o seu diploma de normalista.

Uma das maiores professoras de pintura de Anita Malfatti foi sua mãe, que, aliás, dava aulas profissionalmente para garantir o sustento da família, haja vista, que seu esposo falecera.

O grande momento de aprendizado e crescimento de Anita Malfatti ocorreu em 1910 quando foi estudar artes na Alemanha e ali aprendeu junto ao renomado pintor Fritz Burger.

A pintora ainda investiu um pouco mais na carreira quando estudou pintura expressionista na Academia Real de Belas Artes em Berlim.

Anita Malfatti era uma pintora compulsiva e estava sempre aprimorando seus quadros através da escola expressionista.

Neste intuito de defender o modelo de arte aprendido na Alemanha retorna ao Brasil 1914 e expõe seus quadros na Casa Mappim.

Mudanças importantes

Como profunda interessada nas novas tendências de arte foi aos Estados Unidos onde cursou na Independent Scool of Art com Homer Boss e aprendeu a essência do que é ser uma pintora modernista.

Anita Malfatti rompeu com as tradições e começou a criar livremente para deleite de seus admiradores.

Malfatti

Foto: Reprodução

Elogios de críticos importantes

O crítico de arte e literatura, ninguém mais e ninguém menos que Monteiro Lobato, através do jornal O Estado de São Paulo fez críticas à exposição de Anita Malfatti através de um artigo intitulado “Paranoia ou mistificação?” e causou frisson entre os adeptos do Movimento Modernista, que, aliás, viviam em conflito ideológico e intelectual com Monteiro Lobato.

Neste meio tempo conhece a pintora Tarsila do Amaral e uma amizade sólida e eterna brota entre as pintoras.

Atividades profissionais durante vida

No ano de 1922 participa ativamente da Semana de Arte Moderna e consegue prestígio internacional pela grandiosidade de sua arte.

Anita Malfatti passa a morar em Paris até 1928, mas retorna a São Paulo e passa a ser uma professora universitária de arte.

Anita Malfatti trabalhou dando aulas de arte na Universidade Mackenzie até o ano de 1933. Neste período monta seu ateliê na Rua Ceará no bairro de Higienópolis e passa a dar aulas de pintura. Um dos ilustres alunos de Anita Malfatti é Oswald de Andrade Filho.

Como Anita Malfatti morreu?

A artista morreu em 06 de novembro de 1964 quando estava internada na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Após sua morte foi sepultada no cemitério protestante na Consolação.

A pintora nunca se casou e muitos atribuem a uma decisão por conta de sua deficiência física.

Biografia de Anita Malfatti
5 (100%) 9 votes

Leave a Reply