Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Beethoven

Uma breve história da vida de Beethoven, uma das figuras mais importantes em toda a música clássica. Sua influência gigantesca influenciou quase todos os compositores que vieram depois dele.

Quem foi Beethoven

Ludwig van Beethoven (1770 – 1827) foi um grande pianista e compositor alemão, considerado um dos maiores de todos os tempos. Suas composições inovadoras combinavam vocais e instrumentos.

beethoven 2
Foto: Reprodução.

Vida pessoal

Beethoven nasceu na cidade de Bonn, em Colônia/Alemanha. Embora sua data exata de nascimento seja incerto, Beethoven foi batizado em 17 de dezembro de 1770.

Como a época os bebês eram batizados dentro de 24 horas de nascimento, 16 de dezembro é o seu nascimento mais provável.

No entanto, o próprio Beethoven erroneamente acreditava que ele havia nascido dois anos mais tarde, em 1772, e ele teimosamente insistiu na data incorreta, mesmo quando apresentados documentos oficiais que provaram sem sombra de dúvidas que 1770 foi o seu verdadeiro ano de nascimento.

O pai de Beethoven que começou a lhe ensinar a música com um rigor extraordinário e brutalidade que o afetou para o resto de sua vida.

Quase diariamente, Beethoven ere trancado na adega por horas extras para praticar. Ele estudou o violino e piano com seu pai.

Apesar de, ou por causa dos métodos drásticos de seu pai, Beethoven era um músico prodigiosamente talentoso desde seus primeiros dias e exibia flashes da imaginação criativa que acabaria por chegar mais longe do que qualquer compositor da história.

Beethoven era surdo?

Beethoven
Foto: Reprodução.

Toda sua vida foi marcada por uma luta contra a surdez, e algumas de suas obras mais importantes foram compostas durante os últimos 10 anos de sua vida, quando ele já era incapaz de ouvir.

Em 1801 Beethoven revelou sua condição em uma carta escrita a seu amigo Fraz Wegeler:

“Devo confessar que eu tenho vivido uma vida miserável. Por quase dois anos eu deixei de exercer a quaisquer funções sociais, só porque eu acho que é impossível dizer às pessoas: Eu sou surdo. Se eu tivesse qualquer outra profissão, eu poderia ser capaz de lidar com a minha enfermidade; Mas na minha profissão é uma desvantagem terrível.”

Quase milagrosamente, apesar de sua surdez rapidamente progredindo, Beethoven continuou a compor em um ritmo furioso.

De 1803 a 1812, o que é conhecido como seu período heroico, ele compôs uma ópera, seis sinfonias, quatro concertos solos, cinco quartetos de cordas, seis sonatas de cordas, sete sonatas de piano, cinco conjuntos de variações de piano, quatro aberturas, quatro trios, dois sextetos e 72 músicas.

Principais músicas

Beethoven compôs sonatas, sinfonias, concertos, quartetos, óperas, e outras 200 notáveis criações.

Considerada uma das maiores obras primas de Beethoven e um ícone das composições clássicas ocidentais, a Nona Sinfonia ou Sinfonia n.º 9 foi sua última composição.

Segue lista de suas principais obras:

  • Trio para piano, violino e violoncelo (1793-1794)
  • Três Sonatas para piano (1794-1795)
  • Concerto para Piano Nº1 em Dó maior (1795)
  • Quinteto de cordas (1795)
  • Serenata para violino, viola e violoncelo (1796)
  • Sonata Nº8 em Dó menor (1798)
  • Seis Quartetos de cordas (1800)
  • Sinfonia Nº1 em Dó maior (1800)
  • Sonata Nº21 em Dó maior (1804)
  • Três Quartetos de cordas (1806)
  • Missa em Dó maior (1807)
  • Fidélio (1814)
  • Missa Solemnis (1823)
  • Seis Bagatelas para Piano (1823-1824)
  • Sinfonia No.9 em Ré menor (1822-1824)
  • Quarteto em Lá menor (1825)
  • Grande fuga para piano a quatro mãos (1826)

Morte

Depois de muitas crises de depressão, Beethoven é atingido por uma pneumonia, cirrose e infecção intestinal. Beethoven morreu em Viena na Áustria em março 26/1827, com 56 anos.

Os cientistas analisando um fragmento remanescente do crânio de Beethoven observaram altos níveis de chumbo e apontaram envenenamento por chumbo como uma potencial causa de morte, mas essa teoria tem sido largamente desacreditada.

Curiosidades

beethoven

Devido a sua timidez e aparência física, Beethoven nunca casou ou teve filhos. Ele estava, no entanto, era desesperadamente apaixonado por uma mulher casada chamada Antonie Brentano.

Apesar de sua extraordinária produção de música, Beethoven era solitário e frequentemente miserável durante toda a sua vida adulta. De difícil temperamento e apontado como paranoico, Beethoven teve problemas de convivência com seus irmãos, seus editores, seus funcionários e seus alunos.

Conclusão

Ludwig van Beethoven é amplamente considerado o maior compositor de todos os tempos.  Seu acervo de composições musicais é considerado, junto com as peças de William Shakespeare, além dos limites do brilhantismo humano.

E o fato de Beethoven compôs sua música mais bonita e extraordinária, enquanto surdo, é uma façanha quase sobre-humana de gênio criativo.

Resumindo sua vida e morte iminente durante seus últimos dias, Beethoven, que nunca foi tão eloquente com as palavras como ele estava com a música, emprestado um slogan que concluiu muitas peças latinas na época. “Plaudite, Amici, Comoedia finita est”, traduzindo:  “Amigos aplaudam, a comédia acabou.”