Skip to content
Biografia Resumida

Os Vikings

Algumas civilizações antigas acabam despertando muito mais curiosidade do que outras. Os Vikings são um claro exemplo disso. Eles que se tornaram inspiração para filmes e séries ganharam muitos admiradores de sua história.

No entanto, é importante deixar claro que não basta apenas admirar, mas sim conhecer um pouco mais sobre cada detalhe que faz a diferença sobre essa civilização.

Os Vikings

Resumo dos Vikings

Como já falamos aqui, os Vikings são uma antiga civilização que estavam localizados no norte da Europa, onde hoje são os países europeus Dinamarca, Suécia e Noruega.

Características

Os povos Vikings possuíam algumas características peculiares, uma das mais marcantes está relacionado quanto à maneira de se vestirem. Devido à sua localização geográfica, região da Escandinávia, a temperatura era bastante baixa.

  • Vestuário masculino

As vestimentas mais usadas pelos Vikings eram feitas com peles grossas e couro originários dos animais de grande porte. Eles possuíam em seu vestuário um misto de metal, tecido e pedra.

Algo que aparenta ser bastante característico dos Vikings, mas que na verdade não passa apenas de invenções são os seus capacetes (chapéus) com a presença de chifres.

A ideia de uso desses chifres se tornou popular entre a população devido a apresentação de óperas do século XIX, que assim deixavam mais forte a sua imagem de homens bárbaros.

  • Vestuário feminino

As mulheres Vikings também possuíam uma vestimenta característica, elas usavam tecidos mais espessos juntamente com o cabelo grande organizados em tranças.

  • Economia

A economia dos Vikings girava em torno da terra e da atividade de agricultura, pois eram elas que mantinham os mais ricos na camada social mais elevada, no entanto, a comercialização por meio de navegações por alguns locais europeus também eram algo a se considerar, pois havia comercialização com as civilizações mais próximas.

A navegação se tornou presente em sua economia graças à habilidade dos Vikings de construírem embarcações rápidas e resistentes, fazendo com que eles conseguissem navegar a locais mais distantes.

Acredita-se que eles chegaram às Américas aproximadamente 500 anos antes de Cristóvão Colombo.

  • Organização social

Como todas as civilizações, os Vikings possuíam uma organização social bem definida e dividida em estratos. No topo da pirâmide hierárquica são encontrados os magnatas e os latifundiários, no meio da pirâmide os fazendeiros e na base, os povos escravos.

Por ser uma sociedade antiga existiam divisões mais categóricas como as de homens e mulheres ou de ricos e pobres.

Algo bastante curioso é que os Vikings possuíam um rei que os comandavam, mas a passagem da coroa não era feita de forma convencional e hereditária (passada de rei para o descendente mais próximo e que estivesse apto para a sucessão).

Os candidatos que almejavam o cargo de rei, deveriam lutar entre si para assim conseguir o direito à coroa.

No quesito de autoridade política, a civilização Viking, abaixo do rei possui condes e alguns chefes que tinham bastante poder sobre a população e as decisões que mantinham a organização, principalmente na elaboração das leis e nas punições para os criminosos

  • Crenças religiosas

A questão da religiosidade dos Vikings envolve uma rede mitológica que conta a presença de histórias de vários deuses que eram sempre idolatrados em rituais.

Temos por exemplo o deus Odin, que nos rituais ele era idolatrado como o deus dos deuses.

Outro deus que é bastante conhecido atualmente é o Thor que é personagem de destaque em várias histórias em quadrinhos e em filmes.

Ele era o deus mais popular dos Vikings, ele era um deus de proteção e tinha poder sobre os céus.

No período da Idade Média, houve um grande processo de cristianização de várias civilizações europeias, e aos poucos a população Viking foi convertida ao cristianismo, a cultura desse povo começou a se esvair no período entre os séculos XI e XII.

Como eles eram fisicamente

Para conseguir mantermos uma ideia dos povos que habitavam o mundo antigamente é importante conhecermos um pouco sobre as características físicas mais marcantes.

No caso dos Vikings, eles eram símbolos de grande força e barbas em tamanho excessivo. Os capacetes que eles usavam eram de forma cônica em madeira, o couro e o metal também faziam parte desta confecção, além disso havia uma proteção para o nariz dos Vikings.

Os Vikings

Cultura

Com relação a cultura dos Vikings temos como ótimo exemplo, a arte era bastante elaborada, realizando relevos com ideias de animais e de vegetais que eram postos no casco dos seus barcos.

Tanto as armas, quando os capacetes que eles usavam eram esculpidos com desenhos que tinham o intuito de proteção e de ratificação de status social.

Para confirmação do poder e da alta sociedade, as mulheres costumavam se adornar com joias e amuletos que eram feitos com várias partes de animais como por exemplo, ossos ou chifres de animais e cascas de tartarugas.

Por meio das runas, que era o alfabeto utilizado pelos Vikings, foi possível localizar algumas mensagens que foram esculpidas em pedras, madeiras, ambientes, ratificando assim a arte dos Vikings.

Deuses da mitologia Viking

Assim como em outras culturas, existem alguns deuses que fazem parte da área cultural e religiosa os Vikings e que são conhecidos até hoje, vejamos a seguir:

Odin: considerado o senhor da vida e da morte, Odin era o chefe supremo de Argard, é considerado o deus da guerra, da magia e também da poesia.

Sua arma mais poderosa é uma lança chamada de Gungnir, a qual lançava montado em um lendário cavalo de oito patas.

Thor: Conhecido como o deus do trovão e da fertilidade, Thor era filho de Odin e por ser destemido, enfrentava todos os perigos com o seu martelo Mjölnir, segundo a mitologia quando Thor usava o seu martelo ocorriam trovões.

Frigga/Freya: ela é considerada como uma deusa-mãe, foi a primeira esposa de Odin, madrasta de Thor e mãe de Loki. É considerada a deusa do matrimônio, do amor, da união e da fertilidade.

Loki: é considerado o pai das mentiras, ele era metade deus e metade gigante, por mais que sua natureza tenha uma parte maligna, ele conseguia ajudar a manter o equilíbrio entre os deuses.

Balder: este deus era filho de Odin, e era considerado o deus da luz, da inteligência e da beleza. É casado com a deusa Nanna com quem teve um filho chamado Forseti.

Valquírias: são deusas que hierarquicamente falando eram de menor importância. No entanto, a sua função era a de conduzir os espíritos daqueles guerreiros que forma mortos nas batalhas até o Valhala que era um grande e belo salão dominado por Odin.

Alguns guerreiros famosos

Como toda a população que consta com guerreiros fortes, alguns guerreiros Vikings também tiveram destaques, apesar de sempre ser o nome do deus Thor, associado à grandes filmes e literaturas, existem muitos outros, que citamos abaixo.

  • Eric Bloodaxe.
  • Freydis Eriksdottir.
  • Sweyn Forkbeard.
  • Harald Hardrada.
  • Gunnar Hamundarson.
  • Erik the Red.
  • Ragnar Lodbrok.
  • Egil Skallagrimsson.

Mulheres Vikings

Conseguimos observar na civilização Viking a força do papel feminino, elas eram de grande importância tanto política como religiosa, o que para a época já era um grande avanço se comparada com as populações cristãs existentes na época.

Elas podiam optar tanto para ficar em casa e cuidar do campo, como para participar de guerras ao lado dos guerreiros homens, apesar de que alguns estudos feitos por historiadores consideram que a parcela feminina que participava das guerras era bem pequena.

Outro ponto que devemos destacar sobre as mulheres Vikings é que elas podiam se divorciar, herdar terras, dirigir a casa e negociar com escravos, para a maioria das outras culturas da época algumas dessas coisas eram impossíveis.

Os Vikings

Qual era a língua falada por eles

O nórdico antigo era a língua que os descendentes da Escandinávia e algumas colônias do Atlântico Norte falavam na Era Viking. O nórdico antigo foi uma língua que descendeu do proto-nórdico.

O alfabeto que o tanto o nórdico antigo quanto o proto-nórdico possuíam uma escrita que se baseava no emprego de runas antigas, como futhark.

Curiosidades sobre os Vikings

Elencamos algumas curiosidades sobre os Vikings

  • Algumas das profissões dos Vikings eram: pescadores, fazendeiros e comerciantes, eles dependiam da natureza para conseguirem viver.
  • Eles eram grandes especialistas em expedições marítimas, pois eles construíam excelentes barcos, que eram longos e abertos com velas e remos que ajudam na locomoção.
  • Entre as armas mais utilizadas pelos Vikings podemos destacar machados, espadas, lanças, escudos, arcos e flechas.
  • Os mais velhos (anciãos) possuíam grande prestígio na civilização Viking, eles recebiam visitas para auxiliar nas tomadas de decisões e também para consulta sobre o que o futuro os aguardava, eles eram como intermediários dos deuses.

Fim

No início do século XI os Vikings começaram a sofrer muito mais influências externas devido a religião cristã. Assim a população começou a entrar em declínio de forma gradativa.

Sendo assim, eles começaram e se tornar trabalhadores das terras que antes, eles eram considerados colonizadores.