Donatello

Um dos grandes nomes do movimento Renascentista na Europa, Donatello é um dos precursores do naturalismo.





Biografia de Donatello

O Renascentismo foi um dos mais importantes movimentos culturais que já existiram na história, este período fora marcado por mudanças culturais, sociais, científicas, artísticas, religiosas e políticas, onde o feudalismo estava com os dias contados e o capitalismo começa a se expandir.

Tal época teve consigo diversos nomes, dentre eles, Donatello Bardi, um escultor italiano que deu inicio ao naturalismo e o uso do nu em suas manifestações artísticas.

Conhecido não só na Europa, Donatello é até hoje um dos artistas mais estudados e admirados por amantes da arte. Conheça a sua história.

Donatello

Foto: Reprodução

Quem foi Donatello

Donatello cujo nome de nascimento era Donato Di Noccolò Betto Bardi, nasceu em Florença na Itália no ano de 1386, filho de Nicollò di Betto Bardi, um tecelão que chegou a ser condenado à morte por participar de revoltas.

A vida de Donatello era simples e um pouco conturbada, dada à militância de seu pai.

Desde muito pequeno, Donatelo começou a esculpir em uma oficina próxima a sua casa, mais tarde, começou a esculpir com Lorenzo Ghiberti.

Quando jovem foi para Roma e, começou a estudar a arte romana, junto com o renomado arquiteto Filippo Brunelleschi

Depois de concluir os estudos em Roma, retornou à Florença e voltou a trabalhar com Ghibert, desta vez, trabalhou na produção de grandes portas de bronze, as quais foram colocadas no Batistério de San Giovanni.

Uma das portas representava o Antigo Testamento e a outra o Novo Testamento.

Condizente ao período em que viveu, Donatello dedicou a sua arte à representação de imagens sagradas com dimensões humanas, atribuindo a elas também emoções humanas.

Trajetória artística de Donatello

A partir de 1408 Donatello começou a esculpir obras maiores, dentre as quais:

– Em 1410: esculpiu a imagem de São Pedro em mármore, uma encomenda feita pela Orsamichele, em Florença;

– 1411: para a mesma igreja, começou a trabalhar a estátua de São Marcos, que levou mais de um ano para ser finalizada;

– 1415: começou a esculpir uma imagem de São Jorge e o Dragão, obra que é aclamada por expressar a mobilidade do corpo humano;

– 1421: começa a esculpir também em bronze;

– 1421: esculpir o corpo do Papa João XXI em parceria com o arquiteto Michelozzo;

– 1427: trabalhou em painéis de mármore para o monumento fúnebre do Cardeal Brancacci, que foi colocado em uma igreja em Nápoles;

– 1416 a 1429: esculpiu estatuas de pequeno porte para serem colocadas junto a pia batismal de San Giovanni;

– 1430: iniciou uma das suas mais famosas esculturas, o “Tabernáculo do Sacramento” para a Basílica de São Pedro, a qual demorou mais de 3 anos para finalizar;

-1440: esculpiu a obra que decoraria o palácio de Cosme Médici em Florença, intitulada de “Davi”, sendo esta a primeira e única obra de Donatello que explorou o nu total e que tinha praticamente tamanho real (1,6m);

-1443 a 1450: foi morar em Pádua e, lá esculpiu sua primeira estatua com a imagem de um animal (cavalo), toda em bronze, conhecida como Gattamelata;

– Já no final de sua vida, Donatello, deixou de lado a influência clássica e começou a criar esculturas mais realística, como é o caso de “Madalena” e de “Judite e Holofernes”, ambas feitas em madeira e que tinham uma expressão triste e simbólica.

Biografia de Donatello

Foto: Reprodução

Principais obras de Donatello

Dentre as principais obras de Donatello, tem-se:

  • Escultura de São Marcos, Florença;
  • Tabernáculo de São Jorge, Museu Nacional do Bargello, em Florença;
  • Os pequenos profetas, Duomo, Florença;
  • Festa de Herodes, Catedral de Siena;
  • Imagem de Davi, Museu Nacional do Bargello, em Florença;
  • Estátua Gattamelata, em Pádua;
  • Maria Madalena de madeira, Duomo, Florença;
  • São João Evangelista, Duomo, Florença;
  • São Batista de Madeira, Veneza;
  • Judite e Holofernes, Florença.

Morte

Donatello morreu em dezembro do ano de 1466, a causa exata da morte não foi encontrada, entretanto, há evidencias que o escultor já estava debilitado algum tempo antes de sua morte (fator associado a sua idade avançada).

Antes de morrer, Donatello finalizou seus dois últimos trabalhos, o primeiro era uma escultura em madeira “Maria Madalena” e segundo, dois púlpitos de bronze para a Igreja de São Lourenço, o qual fez em conjunto com outros artistas.

Após sua morte, o corpo de Donatello foi enterrado na referida igreja.

Curiosidades

Dentre as principais curiosidades sobre Donatello, tem-se:

  • A visitação de suas obras é um dos principais roteiros turísticos da Itália;
  • Existem poucos registros sobre a vida pessoal do escultor;
  • Tinha origem humilde, seu pai era tecelão;
  • Sua última obra foi a mais marcante de sua carreira, Maria Madalena feita de madeira, cuja expressão triste e marcante era visivelmente perceptível, alguns críticos consideram que o momento em que o artista vivia (doente) influenciou diretamente na produção da obra.

Gostou da biografa de Donatello? Então compartilha o conteúdo com seus amigos nos grupos de WhatsApp e também nas redes sociais.

Donatello
5 (100%) 7 votes

Leave a Reply