Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Aleijadinho

Tanto mistério a cerca da verdadeira história de Aleijadinho o transformaram numa espécie de herói nacional mineiro.

Sobre sua trajetória de vida pouca coisa se sabe, sua história até hoje é cercada por lendas e controvérsias, a sua principal fonte biográfica é uma pequena nota escrita há quarenta anos após sua morte.

Todas as obras de Aleijadinho desde talhas, projetos arquitetônicos á esculturas e relevos foram realizadas no estado de Mina Gerais. Seu estilo é associado ao Barroco e ao Rococó, é consagrado pela crítica brasileira como o maior nome da arte colonial brasileira.

Aleijadinho
Foto: Reprodução

Quem foi Aleijadinho

Batizado de Antônio Francisco Lisboa, Aleijadinho, nasceu na cidade de Vila Rica (atual Ouro Preto) em Minas Gerais. Ele foi um entalhador, carpinteiro, escultor e arquiteto do Brasil. De acordo com pesquisadores ele teria nascido em 29 de agosto de 1730.

Filho de um mestre de obras e arquiteto português, Manuel Francisco Lisboa e de uma escrava africana chamada Isabel.

Aleijadinho alfabetizou-se, estudou latim e música com padres de Vila Rica. Ingressou na arte ainda criança, aprendendo a esculpir observando o pai trabalhando com esculturas de madeiras de imagens religiosas. Com seu tio Antônio Francisco Pombal, entalhador em Vila Rica ele aprendeu a talhar.

Vida

Em meados do século XVIII as projeções religiosas começam a destacarem-se em Minas Gerais, por conta do ouro as construções ficaram ainda mais grandiosas com a composição de materiais como a pedra e alvenaria.

Durante esse período o estado mineiro liderava o movimento artístico colonial, foi aí que Aleijadinho se desenvolveu como escultor e arquiteto.

O rapaz sofreu para obter reconhecimento de seu trabalho, por ser mestiço sofria com preconceito por parte daqueles que contratavam os seus trabalhos, que eram requisitados pela elite branca.

Por essa condição não era permitido que ele assinasse suas obras nem os livros de registro de pagamentos, em função da falta de assinatura dificultou a identificação de suas obras.

Principais obras de Aleijadinho

Boa parte do acervo de obras de Aleijadinho tem como tema a religiosidade. São imagens sacras caracterizadas pelas cores, leveza, simplicidade e dinamismo.

Obras de Aleijadinho
Foto: Reprodução

Essas obras em sua maioria encontram-se nas cidades de Minas Gerais: Ouro Preto, Tiradentes, São João del Rei, Mariana, Sabará e Congonhas do Campo. As matérias primas de suas obras eram a pedra-sabão e a madeira.

Conheça a seguir suas obras de maior destaque:

Talha

  • Retábulo da capela-mor da Igreja de São Francisco em São João del-Rei.
  • Retábulo da Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto.
  • Retábulo da Igreja de Nossa Senhora do Carmo em Ouro Preto.

Arquitetura

  • Projetou e traçou a planta da fachada da Igreja de São Francisco de Assis, que é adornada por um medalhão onde está inserida a imagem de São Francisco de Assis. Obra que durou 18 anos para ser finalizada, 1776-1794;
igreja são francisco de assis
Foto: Reprodução.
  • Projetou a fachada da Igreja Nossa Senhora do Carmo.

igreja nossa senhora do carmo

Foto: Reprodução.

Escultura

  • Santuário do Bom Jesus de Matosinhos esculpiu a representação da “Via Sacra”. Cenas da Paixão de Cristo formadas por 66 figuras, todas de cedro, em tamanho natural e “Os doze profetas”.

Como Aleijadinho adoeceu e morreu?

Quando Aleijadinho tinha por volta de 40 anos e havia conquistado fama em outras cidades, foi surpreendido por uma doença degenerativa, historiadores e pesquisadores não sabem ao certo qual tipo de doença o afetou, mas as hipóteses mais validades do que o debilitou são: hanseníase, lepra ou sífilis.

Com o tempo o artista foi perdendo os movimentos dos pés e mãos, levando a deformação dos membros. Nem mesmo a doença e suas limitações fizeram com que ele abandonasse sua arte.

Aleijadinho pedia para que seus discípulos amarrassem as ferramentas em seus punhos para que pudesse trabalhar.

Aleijadinho faleceu podre e doente em sua cidade natal Vila Rica no dia 18 de novembro de 1814. Foi sepultado na igreja Matriz de Antônio Dias, no altar da Confraria de Nossa Senhora da Boa Morte.

Curiosidades

De artista percurso do movimento Barroco no Brasil á herói nacional.

Aleijadinho foi vitima do preconceito e de uma doença devastadora, que não deixaram abalar seu talento. Conheça mais detalhes da história desse artista:

  • O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO. A igreja faz parte do acervo de obras do artista, lá estão às esculturas em pedra-sabão, representação dos Dozes Profetas.
  • Além de perder os movimentos das mãos e dos pés, Antônio Francisco Lisboa também ficou cego e por isso passou a trabalhar escondido;
  • Todo dinheiro que recebia o artista dividia com seu escravo;
  • Durante uma procissão em Minas Gerais, uma lança da imagem de São Jorge, esculpida pelo artista, foi usada para matar um escravo. Esta escultura foi recolhida e levada para prisão;
  • Além de esculpir, talhar em pedra e madeira, projetar igrejas Aleijadinho também se dedicava a pintura.

Gostou da biografia de Aleijadinho? Então não deixe de compartilhar o post com seus amigos nas redes sociais e deixe seu comentário abaixo!

Biografia de Aleijadinho
5 (100%) 5 vote[s]