Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Santos Dumont

O célebre brasileiro Alberto Santos Dumont foi um cientista, inventor, esportista e aeronauta que teve a oportunidade de ser um dos inventores do avião.

Quem foi Santos Dumont

Nascido em Minas Gerais na antiga cidade de Palmira que depois se tornaria Santos Dumont em sua homenagem em 20 de julho de 1873 era filho de um fazendeiro próspero e de família nobre.

Seu pai foi Henrique Dumont e sua mãe a senhora Francisca de Paula Santos. A família de Santos Dumont se mudou de Minas Gerais para uma fazenda adquirida em Ribeirão Preto São Paulo que se tornou a maior de produção agrícola do Brasil.

Aberto Santos Dumont começou seus estudos ao ser alfabetizado pela irmã e depois estuou no Colégio Culto à Ciência na cidade de Campinas.

Ao crescer foi estudar no Rio de Janeiro e já sentindo um fascínio por objetos que voavam e sonhando desenvolver um objeto que pudesse voar levando alguém que o controlasse.

Santos Dumont

O que Santos Dumont inventou?

Ainda quando criança Santos Dumont desenvolveu um avião de brinquedo com uma hélice que era movida com arames e molas. A ideia do rapaz era espantosa para quem não imaginava que isso pudesse acontecer.

Em 1891 conheceu Paris com a família e se encantou, vindo posteriormente, a estudar e tornar-se um profundo pesquisador da tecnologia, sobretudo, de motores. Santos Dumont inventou um balão que era uma revolução na época, mas que não dava para direcioná-lo como ele sonhava conduzir uma máquina.

Foi do pai que recebeu os primeiros recursos para desenvolver seus estudos em motores a explosão. A partir das pesquisas Santos Dumont criou vários dirigíveis e assombrava a comunidade internacional.

Quando construiu o modelo número 06 de seus balões dirigíveis o grande milionário Francês Deutsch de la Meurth ofereceu uma fortuna para quem criasse um balão a motor que saísse de um determinado ponto e sobrevoasse a torre Eiffel em 30 minutos e voltasse ao ponto de parada.

Santos Dumont conseguiu e ainda pegou o prêmio que dividiu com seus trabalhadores e em seguida deu outra metade para a caridade.

O marco na história da aviação ocorreu quando ele criou o primeiro avião 14 – Bis e em 13 de setembro de 1906 conseguiu voar sobre Paris. Depois disso o inventor ainda criou o Demoiselle que serviu de modelo para todos os demais protótipos. Após parar com as fabricações e supervisionar as fabricas de avião que surgiam na Europa o gênio volta ao Brasil para se tratar de uma doença.

Logo passa a desenvolver quadros de depressão após ver seu invento sendo utilizado para jogar bombas na guerra da Alemanha. Quando o invento de Santos Dumont é utilizado na Revolução de 32 ele se afunda de vez na depressão e acaba se suicidando em 23 de julho de 1932 no Guarujá em São Paulo.

Morte de Santos Dumont

O mesmo morreu sem deixar filhos e um fato curioso é que quando médico legista cuidava de seu corpo após o seu suicídio retirou seu coração e o conservou em formol.

Hoje o coração de Santos Dumont está exposto no Museu da Força Aérea.

Frases de Santos Dumont

Veja quais foram algumas das principais frases ditas pelo inventor:

  • “As invenções são, sobretudo, o resultado de um trabalho teimoso.”
  • “O que fiz foi muito simples, transferir as pessoas de um ponto para o outro e não retornar ao ponto de partida.”
  • “A atmosfera é o nosso oceano e temos portos em toda a parte!”
  • “Sempre acreditei que o inventor deve trabalhar em silêncio; as opiniões estranhas nunca produzem nada de bom.”
  • “O inventor, como a natureza de Linneu, não faz saltos; progride de manso, evolui.”
  • Não se espante com a altura do voo. Quanto mais alto, mais longe do perigo. Quanto mais você se eleva, mais tempo há de reconhecer uma pane. É quando se está próximo do solo que se deve desconfiar.

Gostou da biografia de Santos Dumont? Então compartilha já este conteúdo com seus amigos nas redes sociais e deixa também sua avaliação nas estrelinhas abaixo.

Biografia de Santos Dumont
4.1 (82.93%) 41 vote[s]