História

Revolução Industrial

Revolução Industrial


A Revolução Industrial foi o principal acontecimento histórico que mudou os meios produtivos, antes baseados na manufatura e no trabalho artesanal e posteriormente substituído pelo uso de maquinas.

Além disso, esse evento foi precursor do desenvolvimento tecnológico e cientifico, contribuindo para que a tecnologia chegasse ao estágio dos dias atuais.

Entretanto, essa revolução trouxe também aspectos negativos como, por exemplo, a degradação ambiental e a exploração do trabalho, amenizados posteriormente por medidas sociopolíticas.

Revolução Industrial
Foto: iStock Photos

Veja a seguir, tudo que você precisa saber sobre a Revolução Industrial e se informe sobre o tema.

O que foi a Revolução Industrial?

A Revolução Industrial é conhecida como sendo um conjunto de mudanças ocorridas na Europa (iniciada na Inglaterra e rapidamente difundida para outras regiões europeias) entre os séculos XVIII e XIX, tendo como principal característica a mudança nos padrões de produção e consumo.

Neste período, o trabalho manual foi sendo substituído pelo uso de maquinas. Anterior a tais mudanças, a maior parte da população europeia vivia no campo e a sua produção era baseada na subsistência e no trabalho manual.

Entretanto, cabe ressaltar que algumas regiões da Europa já possuíam manufaturas (como a França e a Inglaterra, por exemplo), que eram oficinas que reuniam uma quantidade considerável de artesãos que realizavam trabalhos manuais sob a subordinação dos proprietários das oficinas.

A Inglaterra foi o país que deu início a essa revolução por diversos fatores, dentre os quais se destacam: abrigar uma rica burguesia, possuir zona de livre comercio, localização privilegiada e possuir mão de obra disponível (por conta do êxodo rural).

A Revolução Industrial é dividida em fases (explicadas abaixo), que se relacionam entre si e uma pode ser considerada consequência da outra.

Além de que, apesar de ter tido início na Europa, as mudanças se espalharam rapidamente pelo restante do mundo.

É importante lembrar também que o inicio desta revolução foi marcado pela exploração do trabalho, as jornadas eram de cerca de 15 horas por dia e as mulheres e crianças também faziam parte dessa, de forma geral, todos os trabalhadores tinham um baixo salário e a burguesia detinha todas as riquezas.

Tal exploração gerou revolta, resultando no movimento chamado “os quebradores de máquinas” que muito tempo depois trouxe melhores condições de trabalho aos trabalhadores.

Causas

Dentre as principais causas da Revolução Industrial tem-se:

  • Zona de livre comércio na Europa;
  • Crescimento demográfico;
  • Aumento da expectativa de vida;
  • Êxodo rural;
  • Fim do absolutismo e da monarquia;
  • Surgimento do parlamentarismo;
  • Consolidação do capitalismo;
  • Criação de maquinário para a indústria (tear mecânico e máquina a vapor);
  • Desenvolvimento da indústria siderúrgica;
  • Crescimento do mercado consumidor;
  • Necessidade de inovações nos modos de produção;
  • Influência do Iluminismo;
  • Introdução ao cultivo de algodão no território europeu.

Cabe ressaltar que o Iluminismo teve papel central na Revolução Industrial, isso porque, permitiu que os princípios da razão fossem sobrepostos aos princípios religiosos da época.

Havia ainda, uma necessidade de se adaptar ao crescente crescimento da população onde os modos de vida da época já não atendiam mais às demandas, ou seja, o modelo de subsistência já não era mais suficiente. 

Características

Como principais características da Revolução Industrial, tem-se:

  • Aumento considerável da produção;
  • Inserção de maquinas no processo produtivo;
  • Desenvolvimento de tecnologias;
  • Exploração do trabalho;
  • Desenvolvimento de meios de transporte;
  • Aumento da exploração de recursos naturais;
  • Progressos na ciência. 

Fases da revolução industrial

A história divide a Revolução Industrial em 4 fases, sendo elas:

Primeira Revolução Industrial

Ocorrida entre 1750 a 1850 foi marcada pela invenção da máquina de fiar, do tear mecânico e das maquinas movidas a vapor.

Todas essas invenções favoreceram a expansão dos meios produtivos (introdução de máquinas) e serviram como um pontapé inicial para o desenvolvimento técnico e científico;

Segunda Revolução Industrial

Ocorrida entre 1850 a 1950 foi marcada pela invenção de meios de transporte (automóveis e aviões), meios de comunicação (telegrafo, televisão e cinema), desenvolvimento da energia elétrica e pela criação de antibióticos e vacinas.

Além disso, houve também a inserção do petróleo como combustível e a criação de derivados deste material, como é o caso do plástico.

Historiadores consideram que essa segunda revolução trouxe uma nova perspectiva social e econômica, sendo chamada de Capitalismo Industrial, pois houve uma mudança significativa nos padrões de consumo;

Terceira Revolução Industrial

Ocorrida entre 1950 a 1990 foi marcada pelo avanço tecnológico, da ciência, da medicina e da engenharia genética. Além disso, medicamentos começaram a ser produzidos em larga escala, fato o qual começou a gerar mudanças populacionais (como o aumento da expectativa de vida e o uso de contraceptivos).

Nesta fase, ocorreu também a consolidação de direitos trabalhistas em diversos países.

Muito embora outras fontes de energia já tivessem sido exploradas, foi na terceira revolução que surgiu a energia atômica, o que favorecia as regiões europeias que não dispunham de outras fontes.

Quarta Revolução Industrial

Ocorrida desde 1990 até os dias atuais e tem como principal característica a ampla difusão do conhecimento e da comunicação, alguns historiadores consideram que a quarta revolução traz um alerta aos padrões de consumo atuais, principalmente por evidenciar problemas como a degradação do meio ambiente e o desemprego.

Questões sobre revolução industrial

As mudanças nos padrões industriais são tema recorrente em diversas provas, vestibulares e concursos.

De forma geral os temas mais cobrados nestas avaliações são: motivos da Revolução Industrial ter sido iniciada na Europa, quais são suas causas e consequências, exploração do trabalho, conquistas trabalhistas, impactos ambientais e quais são as características das revoluções (1º, 2º, 3º e 4º).

Na internet é possível encontrar diversas questões com gabaritos, o site “Portal do Vestibulando” fez uma lista com diversos exercícios sobre o tema, disponível neste link.

Considerações finais

Contudo, é importante ter em mente que a Revolução Industrial contribui para o desenvolvimento da sociedade e que era um processo necessário para a época. Em contrapartida, não pode ser esquecido que deu inicio também a degradação do meio ambiente e ao crescimento das desigualdades sociais.

Oi,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso

Você deve ficar atento a todas informações encontradas no site, antes divulgar ou utilizar para trabalhos escolares. O site Biografia Resumida atua trazendo conteúdos de qualidade, porém biografia é referente a vida pessoal de pessoas e por isso podem existir alguns problemas que não são de nossa responsabilidade.