Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Marie Curie

Biografia

Marie Curie foi uma cientista polonesa que nasceu no ano de 1867,  época de constante transformação na sociedade onde as mulheres ainda não eram ouvidas. Neste tempo, os homens eram soberanos que comandavam tudo e todos na sociedade.

marie curie1
Foto: Reprodução.

Ela sempre se mostrou muito estudiosa e já começou sua saga pelo conhecimento científico ainda jovem, quando seu pai a incentivava a aprender mais sobre a ciência.

Se destacou tanto entre seus colegas de estudo que aos 15 anos, já era professora. O resultado de tanta dedicação lhe rendeu o tão esperado mestrado de física e matemática.

Casou-se aos 27 anos com o então professor Pierre Curie.

E após árduas horas de estudo e experimentos com radioatividade, muita das vezes perigosos, ela foi a primeira mulher a ganhar o prêmio nobel de física. O prêmio foi por descobrir e isolar os elementos químicos polônio e rádio.

Vida

Marie-Curie2
Foto: Reprodução.

Seu nome de nascimento era Marie Salomea Slodowka e nasceu em Varsóvia, capital da Polônia. Era a caçula da família. Era muito interessada em educação e estudos. Seu pai era professor de física e matemática; isso explica sua inteligência nata.

Foi educada em escolas modestas da Varsóvia. A mãe de Marie Curie era uma devotada mulher católica mas morreu de tuberculose quando a pequena cientista tinha 10 anos de idade. Na sequência, outra tragédia acontece, a irmã mais velha de Marie morre de febre tifoide.

E após estes acontecimentos, Marie Curie se tornou agnóstica. Ela morou um tempo com seus parentes da parte do seu pai para se curar de uma possível depressão. Ela lutou muito para conseguir estudar e enfrentou até autoridades educacionais para realizar seu sonho.

Sua irmã, Bronislawa Slodowka era sua escudeira e foi uma das pessoas que mais a ajudou em sua jornada científica.

Marie casou-se com Pierre Curie, e os dois juntos realizaram pesquisas que mudaram a história da física isolando elementos químicos e descobrindo composições.

Após a morte do seu marido em 1906, ela teve um affair com o físico Paul Langevin que para seu azar era casado. Esta informação na época vazou, rendendo fofocas jornalísticas colocando em evidência o preconceito da época por ela ter origem polaca.

Profissão e formação

Começou trabalhando como professora e aos 18 anos já lecionava para filhas das famílias ricas mais abastadas da Polônia. No ano de 1883, Marie Curie, mais conhecida como Maria, foi graduada em bacharel em física e matemática na Universidade de Sourbonne em Paris, onde estava residindo.

Em 1896, já casada com Pierre, recebeu um convite do cientista Antoine Henri Becquerel para estudarem radiações que ele descobriu pelos sais de urânio.

E em 1903, acompanhada de Antoine e seu marido Pierre, Marie recebe o prêmio nobel de física pelas investigações sobre os fenômenos da radiação.

Suas pesquisas resultaram na descoberta de dois elementos químicos: o polônio, batizado assim em homenagem a sua terra natal e o rádio.

Seu marido morreu em 1906 mas continuou estudando mesmo assim. Em 1911 recebeu o prêmio Nobel em química pela pesquisa com o elemento rádio. Ela fundou o Instituto do rádio em Paris onde se formaram cientistas de renome.

Durante a época da primeira guerra mundial, a cientista Marie teve a ideia de usar a radiografia móvel para tratar os soldados feridos. No ano de 1921, ela foi recebida com muito prestígio nos Estados Unidos. Seu objetivo era arrecadar fundos para pesquisas.

Alguns anos antes dela morrer, físicos a procuravam para obter conselhos. Eles eram produtores de cosméticos que sem se importar com a saúde alheia, faziam cosméticos com material radioativo. Ela chegou a fazer uma visita aqui no Brasil, no ano de 1926, por ouvir falar das águas radioativas de Lindóia.

Conquistas de Marie Curie

Em 1906 Marie Curie, ocupou seu lugar de professora de física geral na Faculdade de Ciências. Foi nomeada diretora do Laboratório Curie o Instituto do Radium da Universidade de Paris, fundado em 1914. No ano de 1922, tornou-se membro associado da Academia de Medicina.

Principais feitos

  • Marie Curie foi a primeira mulher a participar do quadro de professores da Universidade de Sorbonne, na França. Ela inovou a forma de ensinar suas alunas, levando-as para conhecer os laboratórios, mostrando os equipamentos de experimentos, coisa restrita somente para os garotos.
  • A descoberta dos elementos polônio e rádio, substâncias radioativas.

Morte

Marie Curie morreu em julho de 1934 por leucemia causada por consequência a longas exposições ao elementos radioativos. Em 1995, seus restos mortais foram transferidos para o Panteão de Paris.

>Conclusão

A cientista Marie foi uma pérola que, quando polida de maneira correta, transforma o mundo com seu brilho próprio. Sua dedicação e paixão em aprender, a tornaram uma das descobridoras da física onde as mulheres conquistaram seu lugar ao sol.

Biografia de Marie Curie
5 (100%) 3 vote[s]