Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Oswaldo Cruz

Oswaldo Cruz foi um brasileiro notável que trabalhava como médico, bacteriologista, cientista e sanitarista.

Durante sua trajetória travou uma batalha contra as doenças que assolavam a população da época.

oswaldo cruz
Foto: Reprodução.

Após anos de dedicação conseguiu implantar seu plano de erradicação da febre amarela, peste bubônica e da varíola. Seu Instituto Oswaldo Cruz é uma referência no assunto e por isso é reconhecido internacionalmente.

Biografia de Oswaldo Cruz

Oswaldo Cruz nasceu em São Luís do Paraitinga, região do interior de São Paulo. Seu pai se chamava Bento Gonçalves Cruz e sua mãe Amália Bulhões Cruz.

Seu nome completo é Oswaldo Gonçalvez Cruz. Quando fez cinco anos de idade sua família se mudou para o Rio de Janeiro. No ano de 1887 entrou na faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, formando-se no ano de 1892.

Se interessava bastante pela microbiologia e chegou a montar um laboratório em sua própria casa.

Casou-se cedo com apenas 20 anos de idade e chegou a estagiar no Instituto Pasteur que fica localizado na França.

Na sua volta ao Brasil no ano de 1899 dedicou-se ao combate de doenças que assolavam a população local.

Para isso criou o Instituto Soroterápico Federal em 1900, visando produzir soro para combater a peste bubônica.

Com isso se tornou diretor-geral da Saúde Pública no ano de 1903 e então coordenou diversas campanhas.

Visando erradicar a varíola e a febre amarela no Rio de Janeiro organizou grupos para combater os mosquitos.

Sabendo que os mosquitos eram transmissores da febre amarela tentou convencer a população de que eliminar os focos era essencial. Porém a população da época se revoltou e achou que isso fosse uma invasão.

Para piorar a situação a campanha de vacinação obrigatória liderada por ele também foi rejeitada pelas pessoas.

Mesmo assim sua campanha conseguiu limpar a cidade que era considerada uma das mais sujas do mundo.

Quais foram as descobertas de Oswaldo Cruz?

Na época havia diversas doenças muito sérias que estavam vitimando a população. Nisso Oswaldo Cruz precisou elaborar um planejamento para conseguir erradicar essas doenças da forma correta.

Ele descobriu que era necessário alguns cuidados como isolar os doentes e também era necessário capturar os vetores das doenças. No caso, os mosquitos e os ratos eram os principais transmissores.

Uma das suas descobertas foi que seria necessário atacar os focos dos ratos e dos mosquitos. Como as pulgas faziam a transmissão da peste bubônica, o ideal era exterminar os ratos que tinham a doença.

Oswaldo Cruz pensava diferente dos médicos e da população. Ele acreditava que os mosquitos transmitiam a febre amarela e não as roupas ou secreções dos pacientes doentes. Isso foi de extrema importância no combate a doença.

Nisso se viu obrigado a provar que estava certo, devido a desconfiança das outras pessoas.

Então criou grupos de combate aos focos em diversos locais como parques, ruas, entre outros.

A população se revoltou contra ele imaginando que isso fosse uma grande invasão.

Quando ele propôs a vacinação obrigatória até mesmo os jornais ficaram contra o que ele propunha.

Porém suas medidas erradicaram a febre amarela no estado do Rio de Janeiro. E com isso a própria população vendo que ele tinha razão, decidiu se vacinar contra a varíola.

Foi premiado no Congresso Internacional de Higiene e Demografia, em Berlim na Alemanha.

Mostrando que ele tinha razão e que seus métodos deram resultados muito bons.

O que foi a reforma de Oswaldo Cruz?

Na época a cidade do Rio de Janeiro estava passando por uma remodelagem liderada pelo prefeito Rodrigues Alves. O objetivo era reformar a cidade e contava com o engenheiro Pereira Passos.

Nisso alguns morros estavam sendo derrubados para melhorar o aspecto da cidade. E então Oswaldo Cruz mediante a essa proposta de mudança visual da cidade opinou que se acabasse com as favelas que estavam nos morros.

Então a população mais carente entrou em conflito com ele e não concordaram com a sua posição.

Posteriormente a cidade foi remodelada e considerada a mais linda do mundo.

Nesse período Oswaldo Cruz ainda buscava uma outra reforma que seria na área da saúde.

Ele visava combater a peste bubônica, a febre amarela e a varíola que assolavam a população local.

Seus métodos de combate aos focos e vetores da doença novamente o fizeram entrar em conflito com a população. Porém depois de um tempo e com bons resultados as pessoas o viram como um herói nacional.

O que Oswaldo fez na Revolta da Vacina?

Oswaldo Cruz
Foto: Reprodução.

Para combater as principais doenças da época Oswaldo Cruz propôs a vacinação obrigatória.

Pois acreditava que essa seria a melhor maneira de combater essas enfermidades.

Ele convenceu o presidente Rodrigues Alves a decretar essa vacinação obrigatória para a população.

Porém a população não aceitou e isso causou uma verdadeira revolta popular.

Conhecida como a revolta da vacina esse evento foi causado pela proposta de vacinação obrigatória contra a varíola.

A população que já estava insatisfeita com as mudanças no estado decidiu enfrentar a nova lei.

Nisso nasceu uma revolta popular que terminou com a suspensão da lei que obrigava a vacinação. Oswaldo Cruz então continuou seu combate para erradicar as doenças e logo depois provou que tinha razão.

O resultado foi a erradicação da febre amarela e a própria população buscando os postos de vacinação contra a varíola.

Provando que seus métodos estavam corretos e que a limpeza da cidade era importante no combate as doenças.

Morte

O médico e sanitarista Oswaldo Cruz deixou a direção do seu instituto em 1915. Então se mudou para Petrópolis onde se tornou prefeito da cidade. Porém ele já sofria de crises renais.

Ele veio a falecer dia 11 de fevereiro de 1917 de insuficiência renal tendo apenas 44 anos de idade. Mas seu legado e luta continuam vivos através de seu Instituto.

Obras de Oswaldo Cruz

Uma das primeiras obras que Oswaldo Cruz escreveu foi sua tese de doutorado. Ela se chamava A veiculação microbiana pelas águas. Muito interessado pela microbiologia ele montou um laboratório em sua casa.

Além disso, escreveu dois artigos falando sobre a microbiologia que foram inseridos na revista Brasil Médico.

Fundou o Instituto Soroterápico Federal no Rio de Janeiro que hoje é o atual Instituto Oswaldo Cruz.

Foi também um dos criadores da Academia Brasileira de Ciências e do atual FIOCRUZ. Suas obras até hoje são de extrema importância e referência no assunto de combate as doenças.

Curiosidades

Algumas curiosidades muito interessantes sobre Oswaldo Cruz:

  • Sua profissão foi influenciada por seu Pai.
  • Aos 5 anos de idade saiu de São Paulo com sua família e foi morar no Rio de Janeiro.
  • Foi alfabetizado por sua mãe.
  • O pai dele morreu de nefrite no dia da formatura dele.
  • Se casou com Emília da Fonseca aos 20 anos de idade.
  • Estudou no prestigiado Instituto Pasteur de Paris.
  • Era um apaixonado pela fotografia.
  • Teve 6 filhos com sua esposa Emilia.
  • Três dos seus filhos seguiram sua profissão.
  • Faleceu de Insuficiência renal em 1917.
  • Conseguiu erradicar as doenças que assolavam a população da época e se tornou herói nacional.
  • Em 1913 entrou na Academia Brasileira de Letras.
Avalie esta biografia!