Biografia de Paul Valéry





O filósofo, escritor e poeta francês chamado Ambroise-Paul-Toussaint-Jules Valéry é mais conhecido apenas como Paul Valéry e nasceu em 30 de setembro de 1871 na cidade de Sète.

História de Paul Valéry

De família católica tradicional e criado numa cidade às margens do Mediterrâneo o filósofo seria um dos maiores representantes da escola Simbolista.

Os primeiros versos de Paul Valéry surgiram quando o mesmo ingressou na faculdade de direito em 1889. Foi neste período que publicou os poemas “Sueño”, em Revue maritime (1889); “Elevação da Lua”, em Free Le Courier (1889); “A marcha imperial”, em La Revue indépendante, e “Narciso fala”, em La Conque (1891).

A partir de 1894 o mesmo resolve morar definitivamente em Paris onde sua amizade com Pierre Louïs lhe rendeu muitas influências no universo literário parisiense. Paul Valéry foi contemporâneo e teve bom relacionamento com André Gide e Stéphane Mallarmé.

Os biógrafos de Paul Valéry afirmam que ele nutria uma paixão não correspondida por uma mulher chamada Rovira e que, devido essa desilusão amorosa, resolveu abandonar a poesia e passou a desenvolver literatura voltada a razão e exaltação do exercício da inteligência. Foi a partir de então que lança obras filosóficas que denotavam seu lado erudito e menos romântico.

Outra biografia:  Biografia de Charles Darwin

Paul Valéry

Entre seus lançamentos deste novo período de razão estão os ensaios filosóficos Introdução ao Método de Leonardo da Vinci e A Noite com o Sr. Edmond Teste. O filósofo teve influente participação na vida pública. Foi funcionário do Ministério da Guerra em 1895, foi secretário de um dos diretos da agência Havas, entre outras funções.

Sua trajetória como escritor teria um reconhecimento amplo com os lançamentos de The Young Parca(1917) e de dois volumes de versos, Album of Old Verses (1920) e Cármenes(1922), que inclui seu poema The Marine Cemetery, considerado o protótipo de ” poesia pura “de Valéry. O escritor entrou para a Academia Francesa de Letras em 1925.

Paul Valéry foi importante roteirista de peças teatrais e destacou-se, de igual modo, em diálogos em prosa como nas obras Eupalinos ou o Arquiteto (1923) e A alma e a dança (1923). Mais tarde, publicou uma compilação de ensaios e conferências (Variety), 5 volumes (1924-1944) e uma série de obras, como Rhumbs (1926), Analecta (1927), Literatura (1929), olha o mundo atual (1931), Pensamentos ruins e outros (1941) e Talcual (1941-1943), considerado o diário intelectual de Valéry. Paul Veléry foi notável professor de poesia do Colégio da França (1937-1943).

Outra biografia:  Biografia de Thomas Hobbes

Paul Valéry teve um relacionamento com Jeannie Gobillard no período de 1900 a 1945 e teve três filhos Claude Valéry, Agathe Valéry, François Valéry.

Paul Valéry morreu em Paris no dia 20 de julho de 1945.

Gostou da biografia de Paul Valéry? Então compartilha o post com seus amigos nas redes sociais!

Biografia de Paul Valéry
5 (100%) 11 votes

Última atualização: 29/11/17


Veja também

Biografia de René Descartes

Biografia de René Descartes

Os alicerces da Filosofia Moderna tiveram um construtor e ele chama-se René Descartes o criador …

>