Biografia de Leonardo da Vinci

Pintor, arquiteto, escultor, engenheiro, matemático, anatomista, músico, físico, essas são algumas das funções exercidas por Leonardo da Vinci, considerado como uma das mentes mais brilhantes de todos os tempos.

Biografia de Leonardo da Vinci

O artista e cientista italiano é conhecido mundialmente por suas pinturas e obras do período renascentista. Esse período histórico começou em meados do século XIV e terminou por volta do século XVI.

O renascimento foi assim chamado por representar a valorização da arte, da cultura, da filosofia e das antiguidades clássicas.

Foi o período de transição do feudalismo vivido na época, para o capitalismo. Esse período histórico influenciou na arte de todos os artistas do período, inclusive Leonardo da Vinci.

Apesar de ser considerado como um conhecedor de diversas áreas de estudo, as pinturas de Leonardo da Vinci merecem destaque. Mona Lisa e A última ceia são obras célebres do autor e representam todo o contexto histórico da época.

Quem foi Leonardo da Vinci
Foto: Reprodução.

São obras muito populares, com réplicas espalhadas pelo mundo, símbolo do talento do pintor.

Quem foi Leonardo da Vinci

Leonardo di Ser Piero da Vinci nasceu na Itália, na pacata aldeia de Vinci, no dia 15 de abril de 1452. Filho ilegítimo de Pierro, tabelião bastante conhecido na região e Catarina, uma simples camponesa, desde pequeno já demostrava grandes interesses e talento na arte desenhar e pintar.

Foi criado pelo pai e pela madrasta. Já na adolescência, foi aprendiz no estúdio de artes de Andrea del Verrochio, renomado artista da época e, o qual influenciou no desenvolvimento de sua arte.

O ateliê localizado em Floresça contava com a presença frequente dos principais intelectuais da época e, Leonardo pôde ter acesso a diversos estudos sobre os mais variados assuntos, como química, metalurgia, desenho técnico. Além de aprender técnicas de pinturas.

Aos vintes de anos de idade, o pintor teve seu próprio ateliê de artes, porém nunca deixou a parceria com Verrochio.

Pouco tempo depois, ele foi acusado de manter relações sexuais com outros três alunos do ateliê de seu mentor, essa prática era considerada crime na época. No entanto foi absolvido.

Principais obras do pintor

Mona Lisa e a Última ceia são as principais pinturas do autor. Mona Lisa foi encomendada a Leonardo da Vinci em 1505. Alguns escritores da biografia do pintor relatam que Mona Lisa tratava-se na verdade de Lisa Gioconda, esposa do comerciante que fez o pedido da pintura a da Vinci.

No entanto, não é uma teoria aceita por todos. O que sabe-se ao certo é que da Vinci nunca entregou a encomenda e permaneceu com a pintura até a sua morte. Atualmente o quadro Mona Lisa está em exposição do museu de Louvre, em Paris. É considerada a maior obra do autor e principal pintura do mundo ocidental.

A última ceia também é uma pintura muito conhecida de da Vinci. A obra foi encomenda ao autor pelo mosteiro de Santa Maria delle Grazie em 1495. Demorou cerca de três anos para ficar pronta.

Além das pinturas acima citadas, da Vinci também foi autor de: Dama com Arminho (1490), A anunciação (1472), São João Batista (1513), O Batismo de Cristo (1475), Virgem Benois (1478), Salvator Mundi (1500), dentre outras pinturas.

Além dos quadros, da Vinci também possui obras em diversas outras áreas. O desenho do Homem Vitruviano tornou-se símbolo cultural e foi replicado em todo mundo.

Na anatomia foi responsável pela escrita do Tratado de Anatomia. Da Vinci ganhou autorização para dessecar cadáveres e desenhou diversas partes do corpo humano, como músculos, esqueleto, sistema vascular, coração. Assim contribuiu muito com a ciência e as descobertas do funcionamento do corpo humano.

Da Vinci também contribuiu com a engenharia e o surgimento de novas tecnologias. Criou o paraquedas, o isqueiro, esboçou desenhos de helicópteros, de máquinas voadoras, tanques de guerra, canhões, sendo conhecido por sua atuação no ramo da aviação.

Também teve trabalhos na área de hidráulica, com a criação da bomba hidráulica e desenhou projetos arquitetônicos e de obras de engenharia civil. No campo artístico, além da pintura de telas famosas, também foi escultor e inventor de diversos instrumentos musicais.

Por tantas contribuições ao mundo, seja na ciência, na engenharia ou no meio cultural, da Vinci é tido como o maior gênio nascido no mundo. Suas obras e criações sempre foram a frente de seu tempo e contribuíram muito na geração das tecnologias atuais.

Morte de Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci morreu no ano de 1519 na França, aos 67 anos.

A causa da morte do pintor foi por motivos naturais. Sabe-se que da Vinci pediu a visita de um padre para confessar antes de falecer.

Curiosidades

– Criou a técnica do sfumato;

– Atualmente existem apenas quinze pinturas do artista no mundo;

– Da Vinci tocava lira;

– Mona Lisa, principal obra de da Vinci, foi roubada do museu em Paris no ano de 1911;

– É considerado um polímata (conhecedor de muitas áreas de estudo);

– Estima-se que o pintor tinha um QI de 180.

Frases de Leonardo da Vinci

Veja algumas das principais frases de Vinci:

  • “O casamento é como enfiar a mão num saco de serpentes na esperança de apanhar uma enguia.”
  • “Prazer e Dor são representados com os traços gêmeos, formando como que uma unidade, pois um não vem nunca sem o outro; e se colocam um de costas para o outro porque se opõem um ao outro.”
  • “Se escolheres o prazer, conscientiza-te que atrás dele há alguém que só te trará atribulações e arrependimento.”
  • “Tal é o Prazer e a Dor… saem de um tronco único porque têm uma só e mesma base, eis que cansaço e dor são a base do prazer e os prazeres vãos e lascivos estão na base da dor.”
  • “Não prever, é já lamentar.”
  • “Quando eu pensar que aprendi a viver, terei aprendido a morrer.”

Gostou da biografia de Leonardo da Vinci? Então deixa seu comentário abaixo e compartilha o post com seus amigos nas redes sociais.

Biografia de Leonardo da Vinci
5 (99.26%) 27 votes

Veja também

Biografia Tarsila do Amaral

Biografia de Tarsila do Amaral

Muita gente já ouviu falar em Tarsila do Amaral, mas poucos conseguem assimilar a importância …