Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Marina Silva

Uma das figuras políticas mais conhecidas no Brasil é Marina Silva,que, aliás, foi candidata à Presidente da República em 2010.

Marina Silva é historiadora, psicopedagoga, ambientalista, professora e uma liderança política.

Marina Silva

Nascida no dia 8 de fevereiro de 1958 em Rio Branco no Acre numa localidade chamada Breu Velho foi registrada como Maria Osmarina Silva de Souza.

A futura Senadora, Ministra e candidata à Presidente da República nasceu numa família extremamente pobre e que de 11 filhos sobreviveram 8.

O pai de Marina Silva senhor Pedro Augusto da Silva e dona Maria Augusta da Silva, enfrentaram inúmeras dificuldades com os filhos.

A família trabalhou em seringais por Manaus e viajou em busca de vida melhor para a família por outras regiões, mas viu-se obrigado a viver, de fato, no seringal.

Marina Silva estava om 15 anos quando a sua mãe faleceu vitimada por uma série de doenças que adquiriram nas condições precárias dos serviços nos seringas.

Marina Silva
Foto: Reprodução

Neste período a jovem decide se mudar para a sede da capital Rio Branco, haja vista, que precisava cuidar de sua saúde, também debilitada.

Foi neste período que duas irmãs de Marina morreram mediante terem contraído doenças como malária e sarampo. Na capital Rio Branco trabalhou de doméstica e conseguiu apoio do bispo Dom Moacyr Grechi.

No ano de 1980 a mesma se casa pela primeira vez tendo com o companheiro Raimundo Souza dois filhos aos quis chamou de Shalon e Danilo.

Após cinco anos o casamento acabou e ela voltou a se casar, desta vez com o homem que até hoje é o seu marido o engenheiro Fábio Vaz de Lima. Com este teve dois filhos também de nomes Moara e Mayara.

Foi ao lado de Chico Mendes, ativista e seringueiro, que começou sua militância em 1984 rezando as ideias de esquerda e ajudando a fundar a Central Única dos Trabalhadores (CUT) no estado do Acre.

Apenas um ano após iniciar sua luta de forma direta na CUT filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) sendo eleita a vereadora mais votada de Rio Branco em 1988.

A partir daquele momento despontava a militância política com um crescimento muito rápido.

Devido a ascensão do nome de Marina Silva, a base petista nacional a convidou para ser candidata a deputada estadual.

Ao lançar-se em 1990 como candidata a deputada estadual foi mais uma vez a mais votada, desta vez do estado do Acre. Sendo eleita Marina Silva continuou sua militância pelo que acreditava em relação às causas dos trabalhadores.

É neste período que desenvolve, também, um pensamento voltado para um governo que prioriza o desenvolvimento sustentável.

No ano de 1994 recebeu o convite para candidatar-se a Senado Federal e com condições largas de vantagem foi eleita para o Senado aos 36 anos. Em 2002 resolveu se reeleger ao cargo e acabou vencendo novamente e garantindo a reeleição.

Foi neste período que recebeu o convite do então presidente Luís Inácio Lula da Silva – seu correligionário – para assumir o Ministério do Meio Ambiente.

A então Senadora aceitou e ficou no cargo entre 2003 e 2008 quando resolveu deixar, frustrada, a base do governo e desfiliou-se do Partido dos Trabalhadores em 2009.

No ano em curso chegou ao Partido Verde (PV) defendendo a causa da sustentabilidade, onde saiu candidata e obteve 19.636.359 votos o que resultava em 19,33% dos votos validos.

Essa colocação ao final do primeiro turno garantia a Marina Silva mais que o terceiro lugar, mas de igual modo um poder de liderança política muito grande.

Após esta eleição Marina Silva buscou registar o seu partido Rede Sustentabilidade, mas ao ter negado o registro na ocasião ficava impossibilitada de disputar às eleições de 2014.

A pré-candidata firmou parceria com o Partido Socialista Brasileiro onde o maior nome a concorrer era Eduardo Campos onde seria sua candidata a vice.

Todavia, ocorreu a morte de Eduardo Campos em um acidente aéreo em 13 de agosto de 2014. Lideranças do partido convenceram Marina Silva a ser candidata e ela obteve 22.154.707 votos ficando em terceiro lugar e novamente perdendo para Dilma Rousseff do PT.

O registro do partido liderado por Marina o Rede Sustentabilidade só saiu em 22 de setembro de 2015.

Marina Silva foi citada na Operação Lava Jato como uma das beneficiadas com dinheiro de caixa 2 da OAS de acordo delação de Léo Pinheiro.

Biografia de Marina Silva
5 (100%) 13 vote[s]