Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Thiago Silva

Você que é amante do bom futebol com certeza já ouviu falar do veterano e condecorado Thiago Emiliano da Silva, ou apenas Thiago Silva como o conhecemos.

Nascido no Rio de Janeiro em 22 de setembro de 1984, Thiago é um jogador de futebol que trabalha na posição de zagueiro.

thiago silva

Início de carreira

Thiago Silva começou sua carreira ainda criança, jogando na categoria de base do Fluminense Football Club do RJ, clube em que treinou dos 11 aos 19 anos. Mas foi estrear como profissional somente em 2003 defendendo a camisa do RS Futebol Clube, hoje chamado de Pedra Branca Futebol clube.

Em 2004, defendendo o Juventude, Thiago teve destaque e começou a ser notado durante o campeonato brasileiro. Pouco tempo depois deixou o Juventude e foi transferido para atuar pelo Porto de Portugal.

No entanto, neste time Thiago não recebeu muitas oportunidades, acabando por ir jogar pelo time B do Porto.

O jogador teve dificuldades em se adaptar enquanto esteve atuando pelo Porto, além de sofrer com problemas respiratórios por conta do frio, também teve uma contusão que o deixou com poucas oportunidades.

Dentro dessa realidade, em janeiro de 2005 ele foi emprestado para jogar pelo Dínamo de Moscou da Rússia, porém se em Portugal foi difícil para Thiago se adaptar, lá no frio intenso da Rússia, ele sofreu ainda mais.

Os seus problemas respiratórios tiveram complicações o que resultou em uma forte tuberculose, e o afastou dos gramados por seis meses, ficando internado, nesse momento Thiago passou por uma etapa muito difícil como jogador.

Volta ao Brasil e consagração no Fluminense

thiago fluminense

Em 2006 Thiago decidiu voltar ao Brasil e após negociações voltou para jogar pelo Fluminense. O time não teve um ano fácil, mas isso não fez com que a estrela de Thiago fosse apagada, ele conseguiu se destacar muito bem naquele ano, o que fez com que ele se tornasse ídolo da torcida tricolor.

No ano seguinte, Thiago carimbou seu título de ídolo absoluto do Fluminense e virou o comandante da zaga tricolor. Com seu jeito raçudo e ao mesmo tempo técnico de jogar, conseguiu desenvolver características que o foram deixando famoso, como:

  • desarmes precisos;
  • bons dribles;
  • velocidade fora do comum em se tratando de zagueiros;
  • um potente chute com a perna direita.

Ele caiu ainda mais na graça da torcida ao ter destaque durante toda a temporada de 2007, com a boa campanha do Fluminense no campeonato brasileiro e com a conquista até então inédita da Copa do Brasil o que rendeu ao clube a chance de disputar a Copa Libertadores da América no ano seguinte.

O jogador marcou um dos gols no empate contra o Boca Juniors da Argentina, levando assim o Fluminense a final da Libertadores. O Fluminense ficou com a vice colocação, perdendo na final nos pênaltis contra a LDU do Equador.

Volta à Europa e destaque internacional

Milan

thiago milan

No ano de 2008 após as últimas temporadas com ótima atuações, Thiago foi jogar pelo Milan da Itália. Porém por questões específicas de contratação envolvendo quantidade de jogadores por temporada, ele só veio a integrar o time em 2009.

Thiago Silva fez ótimas partidas defendendo o time Rossonero. Os anos passaram e em 2011 ganhou o direito de usar a faixa de capitão do clube.

Paris Saint-Germain

thiago

Em 2013 Thiago foi vendido para o Paris Saint-Germain. Chegou com muita moral já fazendo gol e assim com o tempo foi conquistando a torcida e se colocando no posto de zagueiro número 1 do time estando até hoje defendendo a camisa do clube francês.

Seleção brasileira

thiago silva

Com a camisa da nossa seleção ele começou jogando em amistosos e logo depois foi disputar as Olimpíadas em 2008. Com o tempo foi sendo chamado para integrar a seleção em outros jogos amistosos.

Foi convocado para a Copa de 2010, porém ficou no banco de reservas e não jogou nenhum jogo daquele campeonato. Desde 2010 Thiago vem sendo convocado para integrar a seleção brasileira, sempre se destacando por sua raça e intensidade em campo.

Conquistas do jogador

Thiago Silva é um jogador que possui uma carreira com várias conquistas, a seguir veremos os títulos que ele conquistou em cada clube em que o zagueiro jogou.

Fluminense

  • Copa do Brasil 2007

Milan

  • 1 Campeonato Italiano na temporada 2010–11
  • 1 Supercopa da Itália no ano de 2011
  • 1 Troféu Luigi Berlusconi no ano de 2009

Paris Saint-Germain

  • 6 Campeonatos Franceses seguidos desde a temporada 2012-2013 até 2018-19
  • 5 Supercopa da França nos anos de 2013, 2015, 2017, 2018, 2019
  • 5 Copas da Liga Francesa seguidas desde a temporada de 2013–14 até 2017-18
  • 4 Copas da França seguidas desde a temporada 2014–15 até 2017–18
  • International Champions Cup no ano de 2015
  • Defendendo a seleção brasileira Thiago Silva ganhou os seguintes títulos:
  • Copa das Confederações FIFA em 2013
  • Copa América em 2019

Ele também possui títulos individuais, destacamos aqui os mais notáveis.

  • Bola de prata em 2007
  • Troféu Samba de Ouro na categoria de Melhor jogador Brasileiro na Europa, ganhando por três anos consecutivos 2011, 2012 e 2013
  • Craque da galera do Campeonato Brasileiro no ano de 2008
  • FIFPro World XI nos anos de 2013, 2014, 2015

Além desses títulos, Thiago Silva também possui outros como: Melhor defensor do ano, time do ano da UEFA, seleção da Copa América, Oscar del Calcio, Seleção da Copa do Mundo FIFA no ano 2014, seleção da Copa das Confederações da FIFA no ano de 2013, 52º melhor jogador do ano de 2016 entre outros títulos.

Em quais clubes o jogador atuou

No decorrer de sua carreira, o jogador atuou pelos seguintes clubes:

  • RS Futebol Clube
  • Juventude
  • Fluminense
  • Porto
  • Dínamo de Moscou
  • Milan
  • Paris Saint-Germain

Como ele ainda permanece jogando ativamente, essa lista poderá (e com toda a certeza) sofrer algumas pequenas alterações ao considerarmos o tempo que o jogador ainda levará para aposentar as suas chuteiras.

Quantos títulos o jogador conquistou?

O zagueiro Thiago Silva possui uma carreira recheada de títulos, ao todo são 27 títulos, incluindo os conquistados defendo a seleção brasileira.

Curiosidades sobre o jogador

Como qualquer celebridade, ele possui algumas curiosidades que todo fã deve saber sobre a sua vida profissional. Destacamos a seguir as mais importantes:

  • Na Copa do Mundo de 2018, Thiago Silva atuou em todas as partidas que a seleção brasileira jogou, tendo sido capitão em duas partidas, contra as seleções do México e da Costa Rica.
  • Foi titular em todos os jogos da campanha vitoriosa da seleção brasileira na Copa América, Thiago Silva já tinha participado das edições anteriores de 2011 e 2015.
  • Durante a campanha da seleção brasileira na copa de 2014, Thiago Silva foi duramente criticado pelo seu comportamento, pois ficava isolado da sua equipe.
  • Na disputa de pênaltis contra a seleção do Chile valendo vaga nas quartas de final da Copa ele ficou chorando enquanto estava sentado em uma bola, o que rendeu o apelido de chorão. Mesmo com essas atitudes, Thiago Silva foi eleito um dos melhores jogadores do elenco brasileiro naquela ocasião.
  • Ao marcar um gol contra a Colômbia quebrou um tabu de 20 anos em que um capitão não marcava gols em jogos Mundiais.
  • Esteve fora no episódio do mineiraço, onde o Brasil perdeu de 7 a 1 para a Alemanha. Thiago estava suspenso por receber o seu segundo cartão amarelo na Copa e mesmo sendo considerado uma suspensão injusta, a CBF não conseguiu reverter o cartão perante a FIFA.
  • No ano de 2013 Thiago Silva esteve envolvido em uma polêmica que envolvia o jogador inglês Joy Barton. Na ocasião, Barton acusava Neymar de cai-cai e também usava o Twitter para criticar o Brasil.

Em resposta ao inglês, Thiago Silva declarou que não aceitava críticas ao Brasil, muito menos críticas envolvendo o futebol do Brasil, pois mesmo tendo respeito pela Inglaterra, o Brasil possui mais títulos que a seleção inglesa.

E ainda disse que o Barton deveria se calar, pois quem é ele para falar da nossa Seleção? Nessa época o clima de rivalidade esquentou ainda mais.

  • Atuando pelo Milan, foi considerado o melhor zagueiro, tirando assim o título do, até então, ídolo consagrado, Alessandro Nesta.
  • No ano de 2012, o Milan recusou uma oferta de 46 milhões de euros do Paris Saint-Germain e optou por continuar com o Thiago Silva, essa foi a maior oferta já feita para contratar um zagueiro.
  • Thiago Silva marcou o seu primeiro gol com a camisa brasileira em 2012 em uma partida em que o Brasil venceu os Estados Unidos por 4 a 1.
  • Em 2011 ganhou a faixa de capitão da seleção brasileira, permanecendo com ela durante os anos que se passaram e se tornou de acordo com a crítica, um ótimo capitão da seleção.