Biografia de Carmen Miranda

Maria do Carmo Miranda da Cunha ou simplesmente Carmen Miranda nasceu em 09 de fevereiro de 1909 na cidade portuguesa de Marco de Canaveses, mas era considerada brasileira de coração, já que veio para o Brasil quando tinha menos de 1 ano de idade.





Quem foi Carmen Miranda

Ela era conhecida em nosso país como a “pequena notável” mas ganhou fama internacional com o apelido de “The Brazilian Bombshell” ao adotar seu estilo irreconhecível até hoje, onde utilizava vestes típicas com arranjos de frutas que carregava sobre a sua cabeça.

Carmen Miranda era filha de José Maria Pinto da Cunha e Maria Emília Miranda e foi casada com David Alfred Sebastian de 1947 até o dia de sua morte, em 1955.

A fama da cantora se inicia em 1930, quando ela gravou a marcha de carnaval “Pra você gostar de mim (Taí)”. O disco com a marcha vendeu 35 mil cópias, batendo os recordes da época.

Em 1939, Carmen inicia sua carreira internacional, quando assinou contrato com o empresário americano Lee Shubert. Sua estreia nos Estados Unidos foi na cidade de Boston, com o espetáculo “Streets of Paris”.

Biografia de Carmen MirandaEm 1946 foi a mulher mais bem paga nos Estados Unidos, sendo que naquele ano, foi a mulher que pagou o maior imposto de renda do país.

Sua decadência se deu em decorrência de seu marido David Sebastian, que conduzia muito mal os negócios do casal. Ele era alcóolatra e, de acordo com os principais biógrafos da cantora, foi estimulada por ele, que ela iniciou em seus vícios que culminaram com sua morte.

Principais Músicas

Carmen Miranda não era compositora de suas músicas, mas deu voz a mais de 300 canções, deixando sua marca única a cada uma delas. Confira quais são as 15 músicas mais tocadas da cantora, de acordo com um levantamento feito pelo Ecad:

  1. Ta-hí (Joubert de Carvalho);
  2. Adeus batucada (Synval Silva);
  3. Mamãe eu quero (Jararaca/Vicente Paiva);
  4. Camisa listrada (Assis Valente);
  5. Balancê (Braguinha/Alberto Ribeiro);
  6. Tico-tico no fubá (Miguel Lima/Zequinha de Abreu);
  7. Quando eu penso na Bahia (Ary Barroso);
  8. O tic-tac do meu coração (Alcyr Pires Vermelho/Walfrido Silva);
  9. Cachorro vira-lata (Alberto Ribeiro);
  10. Touradas em Madrid (Braguinha/Alberto Ribeiro);
  11. No tabuleiro da baiana (Ary Barroso);
  12. E o mundo não se acabou (Assis Valente);
  13. O que é que a baiana tem (Dorival Caymmi);
  14. Boneca de pixe (Ary Barroso/Luis Iglezias);
  15. Como vaes você (Ary Barroso).

Seus filmes

Carmen Miranda foi atriz em muitos filmes, tanto no Brasil, quanto em Hollywood. Seu primeiro filme foi no ano de 1926, quando gravou “A Esposa do Solteiro”.

Até 1953, ano de gravação de “Morrendo de Medo”, ela atuou em 24 diferentes filmes. Na maioria dos papéis, atuava sendo ela mesma.

Os seus principais filmes foram:

  • A Voz do Carnaval (1933);
  • Alô, Alô, Brasil (1935);
  • Estudantes (1935);
  • Alô, Alô, Carnaval (1936);
  • Bananas da Terra (1939);
  • Serenata Tropical (1940);
  • Aconteceu em Havana (1941);
  • Uma Noite no Rio (1941);
  • Entre a Loira e a Morena (1943);
  • Entre outros vários filmes.

Frases de Carmen Miranda

Veja abaixo algumas das principais frases ditas pela atriz e cantora Carmen Miranda:

  • “Gosto muito dos aplausos de uma plateia, seja esta qual for. Gosto de toda a gente e adoro as reuniões festivas. Vivo de alegria.”
  • “Vou empregar todos os meus esforços para que a música popular do Brasil conquiste a América do Norte, o que seria um caminho para a sua consagração em todo o mundo.”
  • “Tenho, às vezes, receio da responsabilidade, mas na hora H, quando eu perguntar ao público ‘o que é que a baiana tem’, sinto que o calor da torcida dos meus amigos que me ouvem agora, me dará ânimo para responder com aquele ‘it’ que vocês sabem.”
  • “Uma bunda pode ser tão atraente, tanto no homem, quanto na mulher. É realmente linda, como um rosto de criança. Detesto homens sem bunda, desses com a calça solta no corpo.”
  • Melhor do que a verdadeira gramática é a gíria, porque exprime nossos sentimentos de uma maneira descontraída e autêntica.

A sua morte

Aos 46 anos, no dia 05 de agosto de 1955, Carmen Miranda morreu em sua casa, em Los Angeles, Estados Unidos.

O motivo de sua morte foi um ataque cardíaco fulminante, sendo que a causa para isso foi em decorrência de seus inúmeros vícios, como álcool, cigarro, antidepressivos, ansiolíticos e calmantes.

Após sua morte aconteceu o velório da cantora que foi muito comovente na Califórnia. Trazida dos Estados Unidos para o Rio de Janeiro no dia 12 de agosto de 1955, de avião, aconteceu o velório em um caminhão aberto do Corpo de Bombeiros em “Brasília” para mais de meio milhão de pessoas para prestigiar seu corpo com a bandeira do Brasil.

C. Miranda foi enterrada do Cemitério de São João Batista.

Gostou da Biografia de Carmen Miranda? Então compartilha com seus amigos e deixa seu comentário abaixo com opinião sobre esta mulher incrível para história.

Biografia de Carmen Miranda
5 (100%) 8 votes

Leave a Reply