Biografia de Ana Lúcia Torre

A atriz Ana Lúcia Torre Rodrigues que é mais conhecida pelo nome artístico Ana Lúcia Torre é uma das maiores atrizes brasileira de todos os tempos.





Ana Lúcia Torre

A carreira da atriz começou a muitos anos quando ainda era muito nova, mas só entrou para a televisão nos anos 70. Ana Lúcia Torre nasceu em São Paulo no dia 21 de abril de 1945.

Sua vida sempre foi marcada pela forte presença religiosa, haja vista, que junto com seus pais Ana Lúcia Torre é uma espírita Kardecista. Essa influência religiosa na vida da mesma confirmou-se desde quando ela tinha 05 anos e vivia doente, segundo, as crenças dela e da família, por obra de um espírito mal que se incorporou nela.

A atriz começou a ter contato com o teatro na Pontifícia Universidade Católica onde começou em um grupo da entidade e encenou na peça “Morte e Vida Severina”. Ressalta-se que neste grupo de teatro estava presente Chico Buarque de Hollanda – que, aliás, despensa comentários. A atriz acabou se envolvendo com o mundo da arte de tal modo que abandonou a faculdade de ciências sociais e dedicou-se inteiramente a sua carreira de artista.

A atriz foi morar em Portugal onde fez curso de artes cênicas e se apresentou em algumas peças. Nesta época conheceu seu primeiro marido com quem se casou e foi morar em Oslo – capital da Noruega. No respectivo país a atriz foi camareira de hotel, trabalhou na Embaixada brasileira e teve outras funções. A atriz ainda morou em Londres com o marido e retornou ao Brasil no início da década de 70 e tempos depois acabou se separando.

Na televisão a atriz atuou nas novelas, séries e minisséries “Dona Xepa” (1977), “Sinhazinha Flor” (1977), “Memórias de Amor” e “Marron Glacé” (1979), “As Três Marias” (1980), “Ciranda de Pedra” (1981), “O Homem Proibido” (1982), “Corpo a Corpo” (1984), “Corpo Santo” (1987), “Tieta” (1989), “Brasileiras e Brasileiros” (1990), “Renascer” (1993), “As Pupilas do Senhor Reitor” (1995).

“A Indomada” (1997), “Serras Azuis” (1998), “Andando nas Nuves” (1999), “O Cravo e a Rosa” (2000), “Porto dos Milagres” (2001), “Um Só Coração” e “Carga Pesada” (2004),”Alma Gêmea” (2005), “O Profeta” (2006), “Sete Pecados” (2007), “Casos e Acasos” e “Xuxa e as Noviças” (2008), “Caras & Bocas” (2009), “Insensato Coração” (2011), “Amor Eterno Amor” e “Loucos Por Elas” (2012),”Joia Rara” (2013), “Verdades Secretas” (2015), “Êta Mundo Bom!” (2016), “O Outro Lado do Paraíso” (2017).

No cinema a contribuição artística de Ana Lúcia Torre é inquestionável sendo presença em mais de vinte filmes de sucesso entre curtas e longas – metragens. A atriz é uma das mais premiadas da TV – Cinema e teatro brasileiro.

Além do primeiro casamento foi casada outras duas vezes, sendo seu último marido José Luiz Maffei Rosa . A atriz tem um único filho Pedro Lobo.

Biografia de Ana Lúcia Torre
5 (100%) 5 votes

Leave a Reply