História

Tratado de Tordesilhas

Tratado de Tordesilhas


A história do Brasil é repleta de eventos históricos e disputas políticas, conhecer essa perspectiva pode ajudar no entendimento do presente. Tire suas dúvidas sobre o Tratado de Tordesilhas e se informe.

Os portugueses chegaram ao território litorâneo que mais tarde seria chamado de Brasil por volta de 1500, apesar de que a colonização só aconteceu cerca de 30 anos, com o envio de povos para a região.

Entretanto, a história da colonização da América começou antes mesmo de 1500, no chamado Período Pré- Colonial. Nesta época, dois países (Portugal e Espanha) monopolizaram as expedições oceânicas e então, surgiu à necessidade de estabelecer acordos entre os dois países.

Assim que Cristovão Colombo chegou à América no ano de 1492, a Espanha começou a se preocupar em proteger seu domínio sobre as terras “descobertas” na América.

A corte espanhola procurou o papa Alexandre VI (que tinha grande poder de decisão e era espanhol) e através da Bula Coetera estabeleceu posses à Espanha (100 léguas/ 800 km a oeste). Em troca, a corte Espanha iria difundir o Cristianismo no país.

Com a Bula Coetera, Portugal perderia domínio e até mesmo teria dificuldades em continuar suas navegações, e desses entraves surgiu a ideia do Tratado de Tordesilhas, que visava amenizar a insatisfação de Portugal e ao mesmo tempo estabelecer limites.

Tratado de Tordesilhas
Foto: Reprodução.

Tire todas as suas dúvidas sobre o Tratado de Tordesilhas a seguir.

O que foi o Tratado de Tordesilhas?

O Tratado de Tordesilhas foi um acordo feito por Portugal e Espanha para que ambos pudessem explorar as terras que fossem encontradas na América.

Esse tratado foi estabelecido após Portugal ficar insatisfeito com a Bula Coetera, estabelecida pelo Papa. Como Portugal e Espanha eram duas potências econômicas e militares, não seria vantajoso para nenhum deles que se desentendessem.

O interesse em Portugal de mudar o acordo estabelecido pelo Papa já indicava que os colonos portugueses sabiam da riqueza existente nas terras localizadas a sul.

Em 1494 foi então assinado o Tratado de Tordesilhas que acabava com o limite de 100 léguas e estabelecia o limite 370 léguas (cerca de 1.900 km).

Com o Tratado de Tordesilhas, Portugal possuía boa parte do território brasileiro, mesmo que não fossem encontradas por eles.

Desta forma, o território era dividido por uma linha imaginária que a oeste pertencia à Espanha e leste pertencia á Portugal.

Entretanto, cabe dizer que outras potências europeias nunca concordaram com esse acordo.

O Tratado de Tordesilhas permitiu que Portugal tomasse posse da região litorânea que Pedro Álvares Cabral “descobriu” e mais tarde veio a se constituir o Brasil, sendo que até então ninguém sabia qual era dimensão das terras.

Quando aconteceu?

O Tratado de Tordesilhas aconteceu no dia 4 de junho de 1494, na cidade de Tordesilhas localizada na Espanha.

Mapa do Tratado de Tordesilhas

Para entender de forma efetiva como foi feita a divisão de terras entre Portugal e Espanha, observe o mapa a seguir:

 

Tratado de Tordesilhas
Nesta imagem você pode ver o mapa do Tratado de Tordesilhas. | Foto: Reprodução.

Além desse, há um artigo cientifico publicado pelo historiador português Mário Clemente Ferreira que divulga imagens dos mapas originais do Tratado de Tordesilhas. O trabalho esta disponível neste link (http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-87752007000100004&lng=pt&tlng=pt), confira.

Objetivo do Tratado de Tordesilhas

O Tratado de Tordesilhas tinha por objetivo resolver os conflitos entre Portugal e Espanha em relação às terras exploradas no final do século XV. Nele foram estabelecidos limites e divisões, que davam direito de exploração aos dois países.

Porque o Tratado de Tordesilhas acabou?

O Tratado de Tordesilhas foi estabelecido em 1494 e deixou de vigorar no ano de 1750.

Dentre os diversos motivos que explicam o fim do Tratado de Tordesilhas, tem-se:

  • As coroas portuguesa e espanhola perceberam que o tratado já não atendia mais a demanda e resolveram estabelecer novos limites de exploração;
  • Nenhuma das partes respeitou de forma efetiva do Tratado;
  • Havia uma necessidade de colocar-se fim nos conflitos entre os países;
  • Nenhuma das outras potências europeias concordava com o Tratado.

Após o fim do “acordo” foi assinado o Tratado de Madri, o qual estabeleceu novos limites de exploração.

Considerações finais

O Tratado de Tordesilhas representou interesses políticos dos países exploradores e ignorou totalmente os povos que existiam no Brasil. Isso retrata, mesmo que de forma tímida, o quão injusta foi a colonização do território brasileiro.

Portugal foi a parte que menos respeitou o Tratado de Tordesilhas e tomou diversas porções do território que deveria ser de domínio espanhol, o que resultou na forma que o Brasil tem atualmente. Já a Espanha não tentou impedir o avanço português, pois tinha interesse em explorar as partes norte e oeste.

Outras potências europeias que estavam insatisfeitas com o Tratado de Tordesilhas começaram a enviar embarcações para as mais diversas regiões, os portugueses aumentaram seu domínio e isso gerou diversos conflitos, muita vezes violentos (que extinguia diversos povos nativos).

Oi,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso

Você deve ficar atento a todas informações encontradas no site, antes divulgar ou utilizar para trabalhos escolares. O site Biografia Resumida atua trazendo conteúdos de qualidade, porém biografia é referente a vida pessoal de pessoas e por isso podem existir alguns problemas que não são de nossa responsabilidade.