Biografia de Murilo Mendes

Murilo Mendes foi um dos poetas brasileiros do Segundo Tempo Modernista, o autor não chegou a ver o sucesso estrondoso de suas poesias. Contudo, ganhou dois prêmios importantes: Graça Aranha e Prêmio Internacional de Poesia Etna-Taormina.





Depois da Segunda Guerra Mundial, Murilo viajou por diversos países europeus divulgando a cultura brasileira e no ano de 1957 começou a lecionar sobre Literatura Brasileira em Roma.

Mesmo com suas influencias europeias, o autor conservava o estilo brasileiro em seus poemas. Conheça mais sobre Murilo Mendes a seguir.

Murilo Mendes

Informações sobre a Biografia de Murilo Mendes. / Foto: Divulgação.

Quem foi Murilo Mendes

Murilo Monteiro Mendes nasceu em Minas Gerais na cidade de Juiz de Fora, no dia 13 de maio de 1901, local onde iniciou seus estudos.

No período de 1912 a 1915 estudou literatura e poesia e a visão de um cometa raro o inspirou a escrever.

Aos 16 anos foi para a cidade de Niterói no Rio de Janeiro para estudar no Colégio Interno de Santa Rosa, entretanto, fugiu do lugar e se recusou a voltar. Depois da desistência foi trabalhar com seu irmão na Diretoria do Patrimônio Nacional na cidade do Rio de Janeiro.

Aos 19 anos ingressou no campo jornalístico contribuindo para o jornal “A tarde” de Juiz de Fora, nessa época escrevia artigos e acompanhava a produção de reportagens.

Aos 23 anos começou a escrever poesias para revistas modernistas como a Terra Roxa e a Antropofagia.

Em 1930 conseguiu publicar seu primeiro livro, intitulado “Poemas” que mostrava sua influencia do Movimento Modernista brasileiro, destacando aspectos como: o folclore, a linguagem coloquial da época, o humor e o nacionalismo.

Além da influencia modernista, Murilo tinha características da poesia religiosa e surrealista, onde:

  • Poesia Religiosa: ficou conhecido como um dos poucos poetas que colocava aspectos religiosos em suas obras na Segunda Geração do Modernismo. Suas poesias são uma combinação de elementos espirituais como catolicismo e aspectos da religiosidade popular brasileira.
  • Poesia Surrealista: foi considerado o principal poeta da poesia surrealista do Brasil, seus poemas, em especial os publicados no livro “O visionário”, mesclam o imaginário individual com o cotidiano.
Biografia de Murilo Mendes

Foto: Divulgação.

Vida Amorosa

Murilo Mendes teve uma vida amorosa tranquila, casou-se com Maria da Saudade Cortesão no ano de 1947 e com ela permaneceu até o final de sua vida. O poeta não teve filhos.

Maria da Saudade era também poetiza, além disso, era filha de Jaime Cortesão um historiador e poeta que foi exilado do Brasil durante o regime de Salazar.

Uma pesquisadora brasileira defendeu uma tese de doutorado sobre a vida e obra de Murilo Mendes e nela faz uma critica a como Maria da Saudade era retrata em suas obras.

Tal fato é visto como algo que pode ter interferido no sucesso da sua carreira como poetiza, pois muitas vezes estava escondida atrás dos títulos “a mulher de Murilo Mendes” ou a “filha de Jaime Cortesão”.

Talvez por este motivo seja difícil encontrar registros sobre a esposa de Murilo, porém, em diversos poemas é identificada uma homenagem ao relacionamento, como é o caso dos versos de “Mulher Dormindo”.

Obras de Murilo Mendes

Como já mencionado acima, Murilo Mendes deixou um vasto acervo poético, dentre as suas principais obras estão:

– Poemas (1930), História do Brasil (1932), Tempo e Eternidade em colaboração com Jorge de Lima (1932), A Poesia em Pânico (1938), As Metamorfoses (1944), Mundo Enigma (1945), Poesia Liberdade (1947), Janela do Caos (1948), Parábola (1952), Siciliano (1955), Tempo Espanhol (1959), Poliedro (1962), Convergência (1972), Retrato Relâmpago (1973), A Invenção do Finito (2002 – póstuma) e Janelas Verdes (2003 – póstuma).

Morte

Murilo Mendes faleceu em Portugal, na cidade de Lisboa, aos 13 dias de agosto de 1975, a causa da sua morte não foi divulgada pela família à imprensa.

No entanto, pela idade avançada do autor acredita-se que seja por alguma “causa natural” do envelhecimento celular.

Murilo Mendes Vida

Foto: Divulgação.

Curiosidades

Algumas curiosidades sobre Murilo Mendes que vale a pena conhecer:

Teve varias funções ao longo de sua vida: trabalhou desde cedo e teve diversas profissões, como: telegrafista, Inspetor de Ensino, técnico de farmácia, arquivista, escrivão, contador, entre outros;

Poesia versátil: apesar de ser conhecido como poeta modernista e surrealista, nas obras de Murilo Mendes é encontrado traços do barroco, do cristianismo e de poesias sociais;

O Cometa Halley: de acordo com registros pessoais do poeta, ele só começou a escrever após ver a passagem do Cometa Halley em 1910 com apenas 9 anos de idade;

Dançarino: assim como o Cometa, a dança serviu de inspiração para o poeta, principalmente após ver uma apresentação de um dançarino russo;

Poucos prêmios: apesar das diversas obras deixadas por Murilo Mendes, o autor não recebeu muitos prêmios como era de se esperar pela sua representatividade no Modernismo brasileiro. Em vida recebeu apenas dois prêmios, mas após a sua morte foi homenageado em diversos eventos brasileiros sobre poesia.

Gostou da Biografia de Murilo Mendes? Então compartilha o post com seus amigos nas redes sociais e deixa abaixo o seu comentário sobre este poeta incrível.

Biografia de Murilo Mendes
5 (100%) 7 votes

Leave a Reply