Biografia Ney Latorraca

Um brilhante e bem – sucedido ator é o que podemos falar de Antonio Ney Latorraca ou simplesmente Ney Latorraca. O ator é um dos monstros consagrados de nossa teledramaturgia, cinema brasileiro e teatro.





Ney Latorraca nasceu em Santos – Litoral Paulista no dia 25 de julho de 1944 e já possuía uma vertente artística, posto que, seu pai Alfredo Latorraca era um cantor de música popular, costumeiramente chamado de crooner, e de uma solista de nome Nena Latorraca.

Ambos se apresentavam em cassinos e eram aplaudidos pelos talentos indiscutíveis. Com os pais conhecidos e respeitados no meio artístico o pequeno Ney Latorraca acabou sendo projetado ao universo deste mundo.

Para se ter uma noção da importância e influência recebidas por Ney Latorraca ele teve como padrinho de batismo o eterno Grande Otelo. Com apenas 06 anos de idade o pequeno Ney Latorraca já fazia uma participação em uma radionovela na Rádio Record. Deste modo, foi se aprimorando profissionalmente fazendo teatro amador, até que em 1965 ganhou um papel profissional na peça Reportagem de Um Tempo Mau.

Ney Latorraca neste ínterim cursou na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo onde se formaria mais tarde. A partir de então se preparava para a televisão onde atuou nas seguintes séries, novelas e minisséries: “Beto Rockfeller – 1968”, “Super Plá – 1969”, “Quero Viver – 1972”, “Dom Camilo e Seus Cabeludos – 1972”, “Eu e a Moto – 1972”, “Vidas Marcadas – 1973”, “Venha Ver o Sol Na Estrada – 1973”, “Escalada – 1974”, “O Grito – 1975”, “Estúpido Cupido – 1976”, “Sem Lenço, Sem Documento – 1977”, “Saudade Não Tem Idade – 1978”, “Dancin’ Days – 1978”.

“Malu Mulher – 1979”, “Plantão de Polícia – 1979”, “Aplauso – 1979”, “Chega Mais – 1980”, “Coração Alado – 1980”, “Caso Verdade – 1982”, “Elas Por Elas – 1982”, “Avenida Paulista – 1982”, “Eu Prmeto – 1983”, “Anarquistas, Graças a Deus – 1984”, “Rabo de Saia – 1984”.

“Partido Alto – 1984”, “Grande Sertão Veredas – 1985”, “Um Sonho a Mais – 1985”, “Memórias de Um Gigolô – 1986”, “TV Pirata – 1988”, “Brasileiras e Brasileiros – 1990”, “Vamp – 1991”, “Éramos Seis – 1994”, “Casa do Terror – 1995”, “Zazá – 1997”, “Você Decide – 1999”, “O Cravo e a Rosa – 2000”, “Brava Gente – 2001”, “Sítio do Pica Pau Amarelo – 2002”, “O Beijo do Vampiro – 2002”, “A Casa das Sete Mulheres – 2003”, “Da Cor do Pecado – 2004”, “Bang Bang – 2005”, “O Sistema – 2007”, “Faça Sua História – 2007”, “Casos & Acasos – 2008”, “Negócio da China – 2008”, “S.O.S Emergência – 2010”, “A Grande Família – 2011”, “Alexandre e Outros Heróis – 2013”, “Meu Pedacinho de Chão – 2014” e “Novo Mundo – 2017”.

Requisitado em filmes o ator Ney Latorraca é um colecionador de sucessos nas telonas, tendo, inclusive, ganhado muitos prêmios por suas atuações. O ator diminuiu seu ritmo de atuação para, segundo ele, buscar descansar após ter feito tantos papéis.

Biografia Ney Latorraca
5 (100%) 10 votes

Leave a Reply