Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Max Weber

Conheça a história de Max Weber através do nosso resumo biográfico abaixo. Seus anos de estudo e a importância de sua obra para a sociologia, entre outras coisas.

Biografia Max Weber

Karl Emil Maximilian Weber ou simplesmente Max Weber nasceu em 21 de abril de 1864 em Erfurt, na Alemanha e foi um importante intelectual e jurista, sendo considerado um dos fundadores da sociologia.

Ele foi um grande defensor do capitalismo e um grande crítico à teoria de Karl Marx.

Max Weber era o mais velho dos 7 filhos de Max Weber pai e Helene Fallenstein.

Seu irmão mais famoso foi Alfred Weber, um sociólogo e economista que era professor da Universidade de Heidelberg, até ser demitido, graças às suas críticas a Adolf Hitler.

A infância

Criado em um ambiente político, pois tinha fortes influência de seu pai, ele convivia com as visitas de grandes nomes políticos da época.

Logo cedo, aos 13 anos, ele presenteia seus pais com ensaios que demonstravam sua grande intelectualidade, falando sobre temas como “a maldição da história alemã”.

Estes ensaios eram em decorrência de simples observações que fazia durante o período escolar. Por ser muito franzino, graças a uma meningite que teve logo aos 4 anos de idade, ele não tinha afeição aos esportes, se voltando completamente aos estudos.

A vida adulta

  • Em 1882, Weber começa seus estudos na área do direito, na Universidade de Heidelberg, onde seu pai também estudou.
  • No ano seguinte ele serviu ao exército alemão, se transferindo para Estrasburgo.
  • Em 1884 volta para a casa de seus pais, a fim de concluir os seus estudos. Durante seus estudos na área de direito, ele estudou ainda economia política, história e teologia.
  • Em 1886 ele é aprovado nos exames, na qual poderia exercer a advocacia.
  • Em 1893, Max Weber se casa com sua prima de segundo grau, Marianne Schnitger, uma escritora e feminista.
  • Sua esposa escreveu uma autobiografia e diversos livros sobre a temática feminista.
  • Seu pai faleceu em 1897, alguns meses após uma briga entre eles. Isso fez com que Weber sofresse de alguns problemas psicológicos, como uma grave insônia.
  • Em 1909, Weber teve um romance com uma de suas alunas, Else Jaffé, que inclusive era amiga pessoal de sua esposa Marianne.
  • Weber participou ativamente da primeira guerra mundial, onde foi diretor dos hospitais do exército alemão.
  • Quando termina a guerra, ele se muda para Viena. Em 1919 dirige em Munique o primeiro instituto universitário de sociologia da Alemanha.
  • Max Weber faleceu em 1920, em Munique, em decorrência de uma pneumonia aguda.

Obras de Max Weber

  • 1889: “A história das companhias comerciais na idade média”. Esta foi sua tese de doutorado;
  • 1895: “O Estado nacional e Política Econômica”;
  • 1904: “A ética protestante e o espírito do capitalismo”. Por ter estudado teologia, ele fez uma defesa ao capitalismo neste enfoque. Esta foi sua obra mais importante e muito criticada pelos defensores do marxismo;
  • 1917: “A Ciência como vocação”;
  • 1919: “A política como vocação”;
  • 1920: “Economia e sociedade”. Esta obra foi publicada por sua esposa após a morte de Weber, utilizando escritos que ele realizou por volta de 1910.

A teoria de Max Weber

A teoria de Max Weber buscou, assim como Karl Marx e Émile Durkheim fizeram antes dele, entender as mudanças sociais por meio de estudos empíricos.

Porém, ele foi um grande crítico do marxismo.

O principal conceito a ser entendido em sua teoria é o de ação social. Para Weber, a ação social é o principal objeto de estudo da sociologia.

Quando estas ações sociais resultam em uma reciprocidade, temos então uma relação social.

Os principais tópicos de sua teoria são:

  • Poder: é a possibilidade que o indivíduo tem de impor a sua própria vontade;
  • Dominação: é exercer o poder. Aqui se estabelece o conceito de subordinação. Weber define 3 tipos de dominação, a legal (na qual existe um estatuto), a tradicional (onde há um governante) e a carismática (onde há uma dominação afetiva);
  • Política: competição entre valores com iguais forças;
  • Estado: é a luta dos indivíduos buscando o poder.
Biografia de Max Weber
Foto: Reprodução.

Dentro de sua teoria, Weber construiu o conceito de tipo ideal. Para ele, só é possível analisar uma certa situação social, quando se tem um tipo ideal.

Este tipo ideal é uma construção mental de uma realidade. Assim, quando temos uma situação do mundo real, nós pegamos todas as características deste mundo, colocando neste tipo ideal. Com isso, o conceito que antes era mental, agora torna-se tangível.

Os tipos ideais não reproduzem a realidade como ela é, mas é uma construção mental do pesquisador que a está criando. Assim, é possível enfatizar todos os aspectos que estamos querendo estudar.

Frases de Max Weber

  • “A sociologia é compreensiva”;
  • “Poder é fazer com que o outro faça o que você quer e sem o uso da violência real”;
  • “Neutro é o que já se decidiu pelo mais forte”;
  • “Há duas formas de exercer política. Pode-se viver ‘para’ a política ou pode-se viver ‘da’ política”;
  • “O homem não teria alcançado o possível, se inúmeras vezes não tivesse tentado atingir o impossível”.
Biografia de Max Weber
5 (100%) 18 votes