Biografia Kazuo Ishiguro





O atual ganhador do Prêmio Nobel de Literatura é, sem dúvidas, um dos gênios modernos que escreve romances abordando temas importantes e de grande relevância para a história da humanidade.

Kazuo Ishiguro nasceu em Nagasaki – Japão – em 08 de novembro de 1954. Se mudou para a Grã-Bretanha em 1960, quando seu pai começou a trabalhar como pesquisador no Instituto Nacional de Oceanografia e foi educado em uma escola de gramática para meninos em Surrey.

Depois, ele trabalhou a Rainha em Balmoral antes de se matricular na Universidade de Kent, em Canterbury, onde estuda inglês e filosofia. Kazuo Ishiguro também foi empregado como trabalhador comunitário em Glasgow (1976) e, depois de se formar, trabalhou como assistente social residencial em Londres.

O Nobel de literatura estudou Escrita Criativa na Universidade de East Anglia, aluno do curso de pós-graduação dirigido por Malcolm Bradbury, onde conheceu Angela Carter, que se tornou uma mentora intelectual. Ele escreveu em tempo integral desde 1982. Em 1983, pouco depois da publicação de seu primeiro romance, Kazuo Ishiguro foi nomeado pela revista Granta como um dos 20 ‘Melhor Escritor Jovem Britânico’. Ele também foi incluído na mesma categoria em 1993.

Em 1981, três de suas histórias curtas foram publicadas em “Introdução 7: romances de novos escritores”.Seu primeiro romance, “Uma vista pálida dos Montes -1982”, mostra uma viúva japonesa que vive na Inglaterra, narrando como se desencadeia a destruição e reabilitação de Nagasaki. Foi premiado com o Prêmio Memorial Winifred Holtby.

Seguiu-se com notoriedade através do romance “Artista do Mundo Flutuante – 1986”, que explora as atitudes nacionais japonesas para a Segunda Guerra Mundial através da história do ex-artista Masuji Ono, assombrada pelo passado militar. Ganhou o prêmio Whitbread Book of the Year e foi selecionado para o Booker Prize for Fiction.

O terceiro livro de Ishiguro, “Os Restos do Dia – 1989”, está inserido na Inglaterra de pós-guerra e conta a história de um velho mordomo inglês que enfrenta a desilusão, que lembra uma vida no serviço, memórias vistas em um contexto de guerra e aumento do fascismo. Foi premiado com o Booker Prize for Fiction, e posteriormente foi convertido em um filme premiado com Anthony Hopkins e Emma Thompson.

Outra biografia:  Biografia de Ariano Suassuna

O livro “The Unconsoled – 1995”, uma narrativa formalmente inventiva em que um pianista de concertos luta para cumprir um cronograma de ensaios e performances em uma cidade européia sem nome. Este trabalho recebeu o Prêmio Cheltenham em 1995. O que fez Kazuo Ishiguro investir no quinto livro “Quando Nós Éramos Órfãos – 2000”, que tem como cenário a Xangai do início do século XX, e é narrado por um detetive particular que investiga o desaparecimento de seus pais na cidade há 20 anos antes.

Foi selecionado para o Whitbread Novel Award e o Booker Prize for Fiction. Seu sexto livro é “Nunca Me Deixe Ir – 2005”. O célebre escritor colaborou com George Toles e Guy Maddin no roteiro de “A Música Mais Triste do Mundo”, um melodrama na década de 1930, estrelado por Isabella Rossellini. Em 2009, foi publicada sua primeira coleção de histórias curtas, “Noturnos: Cinco Histórias de Música Noturna”, e prescrito para o Prêmio Memorial James Tait Back 2010 (para ficção).Seu último livro “O Gigante Enterrado” foi publicado em 2015.

Ele também escreveu dois roteiros originais para Channel 4 Television, um perfil de Arthur J. Mason, transmitido em 1984 e The Gourmet, transmitido em 1986. Ele recebeu o OBE em 1995 por serviços à literatura e é um membro do Royal Sociedade de Literatura. Kazuo Ishiguro recebeu o Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres pelo governo francês em 1998. Seu trabalho foi traduzido para mais de 30 idiomas. Em 2017, ele ganhou o Prêmio Nobel de Literatura.

Kazuo Ishiguro vive em Londres com sua esposa e filha.

 

Outra biografia:  Biografia de Carlos Drummond de Andrade

 

Biografia Kazuo Ishiguro
5 (100%) 6 votes

Última atualização: 07/12/17


Veja também

Quem é Augusto Cury

Biografia de Augusto Cury

Augusto Cury é considerado um dos autores mais lidos da década de 2000, com livros …

>