Biografia de Jesus Cristo

Para os cristãos em todo o mundo Jesus Cristo não tem uma idade definida neste tempo e ele sempre existiu na condição de Deus.





Todavia, nossa missão aqui é retratá-lo não aos olhos religiosos e teológicos, mas a partir de seu nascimento como homem e período em que viveu.

Quem foi Jesus Cristo

Inicialmente pode-se dizer que Jesus Cristo nasceu na Palestina no ano 06 – quando a respectiva região era dominada por Roma.

Pela perspectiva humana Jesus foi filho de Maria – uma mulher judia e de José que tinha como ofício a carpintaria. Pela tradição religiosa e relatos bíblicos Jesus teria sido concebido por vontade e obra do Espírito Santo.

Jesus Cristo não tem na bíblia a data exata de seu nascimento revelado, mas a Igreja Católica decidiu no século V que seria 25 de dezembro, sendo, sua cidade natal, narrada na bíblia como a cidade de Belém, nas cercanias de Jerusalém e, onde, também, teria nascido o Rei Davi.

O nome de Jesus em aramaico é Yeshua que corresponde ao nome de “Josué” braço direito de Moisés e seu sucessor na liderança do povo judeu.

De Belém a família de Jesus segue com destino ao Egito, segundo a Bíblia fugindo de uma tentativa de matá-lo por parte do Rei Herodes.

Jesus Cristo

Esta imagem é uma ilustração do rosto de Jesus Cristo.

Ao retornarem do Egito quando Jesus tinha 02 anos a família se estabeleceu em Nazaré, daí, inclusive, Jesus ser chamado de “Jesus de Nazaré” ou “Nazareno”.

Desta idade aos 30 anos a bíblia oculta a vida de Jesus, exceto quando aos 12 anos ele vai com os pais até Jerusalém para celebrar a páscoa. Essa era uma festa judaica que o povo judeu relembrava a tirada do povo da servidão egípcia através de Moisés.

Os historiadores e relatos bíblicos afirmam que Jesus tinha mais quatro irmãos e duas irmãs e que seus nomes eram em homenagens a personagens da história do povo Judeu. Aos 30 anos Jesus é batizado no Rio Jordão pelo seu primo e profeta João Batista. A partir daquele momento ele intensifica suas mensagens de arrependimento do povo que deveria se voltar para Deus.

Jesus Cristo afirmava que aquele seria um novo momento na vida dos seres humanos que entrariam numa nova dispensação onde a Graça de Deus, sua misericórdia, substituiria a Lei no processo de salvação do homem. As mensagens de Jesus atingiam mais o sistema religioso imposto pelos escribas, fariseus e demais linhas do judaísmo que seguia a Lei de Moisés (Pentateuco) e os profetas antigos.

Uma multidão passa a seguir Jesus Cristo após correr a fama de que ele fazia muitos milagres, tais como: curar cegos, aleijados, surdos e até ressuscitar mortos.

As pessoas, inclusive mais pobres, seguiam-no na esperança de matarem a fome, posto que, Jesus Cristo, multiplicava pães e peixes.

Essa notoriedade de profeta de Jesus Cristo o projetava a despertar curiosidade e ódio das lideranças que o seguiam para tentar vê-lo infligir as leis de Moisés e consequentemente condená-lo.

Um dos momentos que marcaria a história de Jesus e abriria o processo de condenação e consequentemente sua morte ocorreu em sua entrada triunfal em Jerusalém tal qual um rei.

No templo Jesus Cristo expulsa os comerciantes à força que faziam daquele espaço espiritual um lugar de comércio. Após algumas situações de conflitos com autoridades religiosas e de realizar sua última ceia com amigos e discípulos Jesus Cristo é preso enquanto orava e se reunia com os discípulos em um local chamado Getsêmani na parte alta de Jerusalém.

Conta a bíblia que Jesus teria sido traído pelo discípulo Judas Iscariotes por 30 moedas de prata. Após ter traído Jesus o mesmo acaba se suicidando por enforcamento.

Jesus é levado aos sacerdotes que o levaram a Herodes, rei local e depois a Pôncio Pilatos, governador que representava Roma.

Ao perguntar ao povo quem eles escolheriam para ser absolvido, como era costume naquela época, foi escolhido um bandido chamado Barrabás para ser solto e Jesus condenado a ser crucificado.

Naquele mesmo dia Jesus Cristo foi açoitado com 40 chibatadas, teve o corpo dilacerado e em seguida crucificado entre outros dois condenados. Após morrer em data e horário não muito específico, Jesus Cristo é sepultado em um túmulo em Jerusalém ofertado por um amigo de Jesus chamado José de Arimatéia.

Passados três dias o corpo já não estava no local e a grande pedra removida. Para os Cristãos o que ocorreu com o corpo de Jesus é que ele havia ressuscitado e após ser visto por mais de 500 pessoas foi assunto ao céu. Já os judeus que não acreditavam nele disseram que seu corpo foi furtado do túmulo e essa história de ressurreição inventada.

Entre fé e verdades o que é fato neste contexto é que Jesus dividiu a história da humanidade para sempre.

O mundo tem uma maioria cristã e que acredita em sua existência espiritual como Deus.

Outra parcela acredita que ele tenha sido um profeta e muitos outros que ele existiu, mas apenas como um ativista e que devido seu valor nas lutas ao longo do tempo criaram a partir dele histórias épicas de milagres e ressurreição.

Frases de Jesus Cristo

  • “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.”
  • “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá.”
  • “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
  • “De que serve ao homem conquistar o mundo inteiro se perder a alma?”
  • “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”
  • “Ame seus inimigos, faça o bem para aqueles que te odeiam, abençoe aqueles que te amaldiçoam, reze por aqueles que te maltratam. Se alguém te bater no rosto, ofereça a outra face.”
  • “Conselhos ruins podem acabar com um dia, um ano ou uma vida inteira.”

Gostou das informações sobre a biografia de Jesus Cristo? Então compartilha o post com seus amigos nas redes sociais.

Biografia de Jesus Cristo
5 (100%) 30 votes

Leave a Reply