Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Brandon Lee

Brandon Lee (Brandon Bruce Lee) nasceu em 1 de fevereiro de 1965, na Califórnia. O Sino-americano era filho de Bruce Lee, o lendário ator e lutador de artes marciais e de Linda Lee Emery, uma alemã naturalizada norte americana.

Logo que começou a andar, seu pai passou a lhe ensinar Jeet Kune Do, estilo de luta desenvolvido pelo mesmo. Infelizmente Bruce faleceu quando Brandon tinha apenas oito anos de idade.

Eles viviam em Hong Kong, entretanto, após a morte do pai, ele e sua mãe voltam aos EUA.

Brandon Lee

 

A vida de Brandon Lee

Desde jovem idade, Brandon demonstrava interesse pelo teatro, então sua mãe o matriculou na High School of Dramaturgic. Posteriormente ingressou na Faculdade de Emerson, em Boston, Massachusetts. Lá ele se juntou a uma companhia de teatro.

Durante esse tempo, ele retoma seus treinamentos nas artes marciais, conciliando-os com o teatro, na academia de Dan Inosanto e Ted Wong, antigos alunos de seu pai.

Brandon não queria ficar a sombra de seu pai e sempre desejou ser conhecido por suas atuações, não por sua maestria com as artes marciais.

Sua carreira

Em 1986 ele faz sua estreia na TV americana em Kung Fu: The Movie. Já no cinema ele apareceu pela primeira vez no mesmo ano em Long Zai Jiang Hu, produção em cantonês, idioma no qual Brandon era fluente, feita em Hong Kong.

Na TV ele volta com Kung Fu: The Next Generation em 87 e Karate Kid Ohara em 88.

No cinema ele participa de Legacy of Rage também em 1986, Laser Mission em 89, Showdown em Little Tokyo já na próxima década, em 1991 e Rapid Fire, seu primeiro papel em um filme de ação e aventura em 1992.

Brandon ainda participa como ele mesmo nos documentários Bruce Lee: A maldição do dragão e A história de Bruce Lee, em 1993 e 1994.

Em 1993, começam as filmagens de O Corvo, filme baseado na HQ de mesmo título onde Brandon interpretava Eric Draven. E foi no set que a morte acidental do ator aconteceu.

A morte do jovem ator

Para uma das cenas, era requerido que a arma fosse carregada, engatilhada e apontada para a câmera porém, por ser um tiro de curta distância, a munição carregada era real, mas sem pólvora.

Após essa filmagem, o assistente de armeiro limpou a armar para retirar as cápsulas e acabou derrubando um dos projéteis no cano.

Logo em seguida a arma é recarregada com balas de festim, que tem duas ou três vezes mais pólvora que uma bala real, para fazer um barulho mais alto.

Lee entra no set com uma sacola de mercado contendo sangue falso. Michael Massee, que interpretou Funboy, disparou o revolver 44 Magnum no ator, fazendo com que a bala de festim liberasse a bala real que tinha ficado presa no cano da arma.

A sacola foi perfurada e seu abdomem também, causando ferimentos em seus órgãos e partindo sua coluna.

Por causa do sangue falso que estava com o ator, foi tudo muito confuso. Assim que a equipe percebeu o que estava acontecendo, Brandon Lee é levado as pressas para o New Hanover Regional Medical Center, na Carolina do Norte, em uma cirurgia de emergência que durou mais de 6 horas mas que, infelizmente, não foi suficiente.

Brandon Lee morreu de hemorragia interna causada pelo disparo acidental aos 28 anos de idade no dia 31 de março de 1993.

Quem foi o responsável por sua morte e o que lhe aconteceu?

Michael Massee foi o responsável por disparar a arma que continha o projétil real, mas não foi acusado por consenso de Linda Lee Emery e Eliza Hutton, mãe e noiva do ator, respectivamente.

Foi reconhecido que o ator não havia como saber que um projétil real tinha ficado preso no cano do revolver.

Mesmo com o “perdão” da família, Michael ficou tão abalado com o ocorrido que ficou meses afastado da midia e só retomou seus projetos de filmagem após quase um ano da morte de Brandon Lee.

michel massee

Michel fez várias participações em programas de TV, como em House MD., Supernatural e Arquivo X.

Ele faleceu aos 64 anos, por um câncer de estômago no dia 20 de outubro de 2016.

(Cenas do filme)

 

Curiosidades

  • Existe uma teoria que faça que a cena do tiroteiro de seu personagem em O Corvo é, na verdade, a cena de seu tiro real;
  • Seu casamento estava marcado pra menos de um mês após sua morte;
  • Ele estaria na adaptação de Mortal Kombat que seria feita após a finalização das filmagens de O Corvo, mas nunca teve a chance de aparecer. Não se sabe quem ele interpretaria, a maioria afirma que seria Johnny Cage, mas outras fontes afirmam que seria o papel de Liu Kang ou Raiden;
  • Na década de 80, Brandon foi cogitado por Stan Lee a fazer o papel de Shang-Chi, num filme do herói da Marvel;
  • No anime Saint Seiya Omega o personagem Johan de Corvo usa uma maquiagem igual a de Brandon no filme O Corvo;
  • Chad Stahelski foi escalado como seu dublê para as cenas que faltavam em O Corvo usando efeitos especiais para a reposição do rosto de Lee em Chad. Jeff Cadiente, outro dublê, também foi chamado para completar a atuação de Brandon para o filme;
  • O Corvo foi lançado em maio de 1994 e arrecadou mais de 94 milhões de dólares no mundo inteiro, tornando-se um sucesso de bilheteria, consagrando-se como um clássico cinematográfico;
  • Após o sucesso de Rajada de Fogo, foi escrito um projeto para que Brandon Lee estrelasse, chamado de Simon Says. Com a tragédia nas gravações de O Corvo, Jonathan Hensleigh, o roteirista, o vendeu para a Warnwr Bross que reescreveu o roteiro para uma sequência de Máquina Mortífera. Após ficar um tempo engavetado, a Fox o comprou e o reescreveu mais uma vez o transformando em Duro de Matar – A Vingança.