Biografia Aguinaldo Silva

Dificilmente escritores de folhetins televisivos que possam surgir alcançarão as marcas de Aguinaldo Silva. O pernambucano é escritor, jornalista, dramaturgo, roteirista, cineasta e personalidade da televisão.





Nascido em Carpina, zona da mata de Pernambuco, em 07 de junho de 1943 filho do casal Maria do Carmo Ferreira da Silva e Joaquim Ferreira.

Desde criança Aguinaldo Silva se interessava por literatura e manifestava o dom de inventar pequenas estórias. Foi neste período que tornou-se um leitor compulsivo e, deste modo, sem saber se preparava para ser o recordista em escrever novelas em horários nobres da Rede Globo.

Começou trabalhando em um cartório e neste período escreveu seu primeiro romance “Redenção para Job”. A partir dali o jovem Aguinaldo Silva não mais pararia de produzir e futuramente se tornaria referência para escritores e roteiristas. Em 1962 vai trabalhar no Jornal Zero Hora como repórter e fica ali até 1964 quando no período do Regime Militar o jornal é fechado.

Já em 1965 se muda para o Rio de Janeiro onde trabalha no Jornal O Globo como Repórter Policial. Foi neste período que adquiriu experiência do cotidiano de um policial que mais tarde lhe ajudaria na edição do seriado Plantão de Polícia da Rede Globo onde Aguinaldo Silva conseguiu altos índices de audiência.

A partir de então Aguinaldo Silva se torna o roteirista da Globo em muitos trabalhos, inclusive, em séries que marcaram época como o caso de Malu Mulher. A primeira minissérie da TV brasileira foi lançada por Aguinaldo Silva que ao lado de Doc Comparato lançaram Lampião e Maria Bonita, que, aliás, lhe rendeu prêmios.

Doravante Aguinaldo Silva já está consolidado na televisão e passa a escrever várias novelas de sucesso. Entre seus trabalhos mais célebres destacam-se “Roque Santeiro”, “Partido Alto”, “Porto dos Milagres”, “A Indomada”, “Senhora do Destino” e muitos outros sucessos.

A novela Império foi um sucesso que lhe rendeu muitos prêmios como o Emmy Internacional de melhor novela. No cinema o autor fez “Crô – O filme”, “Os Trapalhões e o Rei do Futebol”, “O Trapalhão na Arca de Noé”, “O Cangaceiro Trapalhão” e “Prova de Fogo”.

Como escritor destacam-se como suas obras “Redenção para Job”, “Cristo Partido ao meio”, “Canção de Sangue”, “Geografia do Ventre”, “Primeira Carta aos Andróginos”, “O crime antes da festa: a história de Ângela Diniz e seus amigos” entre outros tantos títulos.

O escritor é um dos agraciados com a ordem honorífica da Ordem do Mérito Cultural.

Biografia Aguinaldo Silva
5 (100%) 5 votes

Leave a Reply