Skip to content
Biografia Resumida

Biografia de Alan Turing

Alan Turing (1912 – 1954) é considerado o pai da computação, tendo desenvolvido sistemas e conceitos que serviram de base para a atual tecnologia.

Trabalhou para a inteligência britânica durante a II Guerra Mundial, com o objetivo de traduzir textos nazistas, e criou a inteligência artificial.

Alan Turing nasceu em 23 de junho de 1912, na cidade de Paddington, Inglaterra. Era filho de um funcionário do Serviço Civil Indiano, Julius Mathison, e de Ethel Sara Stoney.

Com grande facilidade em matemática aos 15 anos, Turing resolvia problemas complexos sem nunca ter estudado cálculo. Aos 19 anos se formou em Matemática pela Universidade de Cambridge, pronto para iniciar uma trajetória que se perpetua por gerações.

Alan Turing
Foto: Reprodução

Quem foi Alan Turing?

Alan Turing, cujo nome completo era Alan Mathison Turing, foi um matemático inglês, cientista da computação, pioneiro da inteligência artificial, e criador da máquina de Turing, o protótipo do computador moderno.

Foi um dos primeiros a pensar em uma máquina capaz de guardar informações, tal qual os computadores que conhecemos, além do Teste de Turing, uma tentativa de descobrir se o computador poderia imitar o cérebro humano. Ou seja, foi o ponto de partida para a criação de uma inteligência artificial.

Principais feitos de Alan Turing

Máquina de Turing

Um equipamento automático que segue os conceitos de algoritmo desenvolvido por Alan Turing. Dada as instruções desse algoritmo, processadas dentro dessa invenção, o cientista tinha como objetivo fazer a máquina ser capaz de solucionar qualquer cálculo ou tarefa.

Teste de Turing

O primeiro caso de inteligência artificial da história. Turing queria verificar se o computador seria capaz de pensar com a lógica humana.

Para isso, criou o Teste de Turing, que consistia em mandar perguntas para o computador e, depois de analisá-las, saber se as respostas dele diferenciavam das respostas da máquina.

Bomba

Apesar de a Máquina de Turing ter sido o grande feito do matemático, há uma outra invenção que ajudou bastante a inteligência britânica: a “Bomba”.

Tratava-se de um sistema de quebra de códigos usado para traduzir textos secretos dos alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

Deliah

Após ver um trabalho nos laboratórios da Bell, em 1942, Turing desenvolveu um sistema de criptografia de voz para conversas telefônicas. Apesar de nunca ter sido usado pelo governo inglês, o matemático levou o projeto de volta para a Bell.

A empresa, então, criou o primeiro aparelho para proteger o registro de voz em comunicações confidenciais.

ACE

O Sistema de Computação Automática (ACE) foi o primeiro computador com 1 MHz de velocidade e capacidade de memória de 32 bits.

O projeto idealizado e construído por Turing chegou a ser abandonado pelo cientista porque o governo inglês considerou caro demais.

Porém, uma equipe inglesa do Laboratório Nacional de Física resolveu criar uma versão menor e menos complexa baseada na criação de Alan Turing. ACE serviu de base para a criação do primeiro computador pessoal, vendido até 1970: Bendix G-15.

Alan Turing
Foto: Reprodução

Por que Alan Turing é considerado o pai da informática?

Alan Turing foi o precursor da informática moderna, tendo papel importante no fim da Segunda Guerra Mundial ao decifrar o código nazista chamado Enigma.

Sua mente brilhante era capaz de pôr em prática as teorias matemáticas escritas no papel e ajudar a desenvolver projetos tão fundamentais para a tecnologia da nova geração.

Se hoje as pessoas têm celulares, tablets, internet e computadores com alta velocidade e grande desempenho para executar múltiplas funções, é graças à genialidade do cientista Turing.

O pai da computação foi perseguido por ser homossexual

Ainda que Turing tenha sido uma das pessoas mais brilhantes de sua época e quem mais colaborou para derrotar os nazistas, o matemático não escapou das leis da Inglaterra. Turing era gay em um país onde a prática de homossexualidade era considerada crime.

O pai da informática declarou sua orientação sexual ao procurar a polícia para denunciar uma invasão de domicílio. O caso ocorreu quando ele recebeu Arnold Murray em sua residência, com quem mantinha um relacionamento.

Devido a sua importância para o governo, a polícia ofereceu liberdade em troca dele se submeter a um tratamento com hormônios femininos. Tratava-se de castração química.

Como Alan Turing morreu?

Alan Turing faleceu no dia 7 de junho de 1954 após comer uma maça envenenada com cianeto. Ele tinha 41 anos e, à época, o legista havia determinado que sua morte foi suicídio.

Os familiares negam ao afirmar que ele estava muito tranquilo e tinha deixado uma lista de afazeres para o dia seguinte.

Perdão póstumo

Em 2009, Gordon Brown, o até então primeiro-ministro do Reino Unido, pediu desculpas publicamente em nome do governo britânico pela prisão e castração química sofrida por Alan Turing.

No entanto, somente em 2013 que Turing foi perdoado da condenação, pela rainha Elizabeth II.

Biografia de Alan Turing
Foto: Reprodução

Curiosidades

  • Alan Turing recusava convites para palestrar nos Estados Unidos por “detestar a América”;
  • Participou das Olimpíadas em 1948 no atletismo, perdendo por onze minutos do campeão daquele ano;
  • Apaixonado por matemática e física desde a adolescência, Turing tinha apenas um romance na sua lista de livros favoritos: The Escaping Club, de A.J Evans, sobre suas experiências durante a Primeira Guerra Mundial;
  • Alan Turing era campeão de xadrez;
  • Além de matemático, cientista da computação e apaixonado por física, Turing também se dedicava à biologia e à química.

Gostou da publicação sobre a Biografia de Alan Turing? Então compartilha o post com seus amigos nas redes sociais.

Biografia de Alan Turing
5 (100%) 7 vote[s]